Alimentação

Receita de panetone caseiro: como fazer esse pão natalino

Prepare um  panetone caseiro  e decore com açúcar confeiteiro por cima para deixar o doce mais bonito na  mesa de Natal
Prepare um panetone caseiro e decore com açúcar confeiteiro por cima para deixar o doce mais bonito na mesa de Natal

Preparar um panetone caseiro bem saboroso para servir na ceia de Natal é uma ótima tradição do período de fim de ano. Você pode fazer uma opção de chocolate (brigadeiro ou ganache), doce de leite, mousse de frutas ou o recheio que preferir. De qualquer forma, o doce faz bastante sucesso e tem a cara do Natal! Para te ajudar a preparar essa receita tradicional - seja para servir de sobremesa ou presentear algum ente querido -, nós separamos uma receita de panetone caseiro infalível. Vale a pena conferir!

Como fazer panetone caseiro?

Para fazer um panetone de Natal na consistência e no sabor certos, é importante seguir alguns truques. A essência de panetone, por exemplo, é um ingrediente que não pode faltar no preparo, pois concede o gostinho característico do doce. Além disso, antes de preparar a massa em si, você precisa fazer a esponja (um tipo de massa feita com farinha de trigo, água e fermento) que dá a consistência certa ao panetone. Outra dica interessante é usar um pouco de melhorador - um tipo de substância alimentar que propicia um bom desenvolvimento da massa e garante uma melhor textura, sabor e coloração. Mas não se preocupe: seguindo o nosso passo a passo não tem erro!

Você vai precisar de: 1 kg de farinha de trigo, 4 tabletes de fermento fresco (60 g no total), 1 xícara de água filtrada, 1 colher de chá de melhorador, 1 pitada de sal, 1 tablete de margarina (200 g), 10 gemas grandes, 1 xícara de açúcar, 100 ml de água, 5 colheres de sopa de essência de panetone, 1 colher de sobremesa de extrato de baunilha, 3 colheres de sopa de farinha de trigo (opcional), 1 colher de sopa de óleo (opcional), 200 g de frutas cristalizadas, 500 g de gotas de chocolate.

Para começar, você deve preparar a esponja: em um recipiente, coloque os 4 tabletes de fermento fresco e esfarele. Adicione 400 g de farinha, vá despejando a água filtrada aos poucos e misture com as mãos. Sove bem a massa por pelo menos 15 minutos para ativar bem o glúten. Em seguida, transfira a esponja para uma bacia grande, tampe e espere 40 minutos - até que a massa dobre de tamanho.

Chegou a hora de preparar a massa do panetone em si, que também é relativamente simples! Para isso, comece colocando 600 g de farinha de trigo em uma bacia grande, adicione o melhorador, o sal, a margarina e misture com as mãos. Em seguida, adicione as gemas, o açúcar, os 100 ml de água, a essência de panetone, o extrato de baunilha e misture mais uma vez, até a massa ficar mais homogênea.

Agora você deve incorporar a esponja (já crescida) à massa do panetone, passar tudo para uma bancada e sovar bem, por pelo menos 30 minutos - quanto mais tempo você sovar, melhor será o resultado! A ideia é que fique uma massa bem homogênea e com uma consistência mais mole. No entanto, caso ela fique muito grudenta, acrescente mais 3 colheres de sopa de farinha de trigo e 1 colher de sopa de óleo e sove mais um pouco. Para verificar se a massa está boa, pegue um pedacinho, faça uma bolinha e comece a amassá-la e esticá-la - a ideia é que a massa se abra sem furar, com boa elasticidade.

Agora que a massa está pronta, chegou a hora de adicionar o recheio (as frutas cristalizadas e o chocolate). Aqui, a nossa dica é separar a massa em duas partes iguais. Na primeira, você deve adicionar as frutas e, na segunda, as gotas de chocolate - assim, você terá massa tanto para panetones quanto para chocotones tradicionais!

Separe as massas em partes de 550 g e, então, disponha cada parte em uma forma de panetone. O estimado é que, com essa quantidade, você prepare 6 panetones no total (sendo 2 menorzinhos que os demais). Faça um "X" no topo de cada massa, arrume as formas de panetone em uma assadeira de alumínio e, então, leve para assar no forno preaquecido a 150°C por 50 minutos. Depois é só tirar e prontinho! O resultado fica de dar água na boca e tem uma durabilidade média de 1 semana.

Obs.: Caso você planeje vender o panetone, uma dica importante é usar uma substância antimofo no preparo - que garante que o doce dure de 25 a 30 dias sem estragar.

Dicas para incrementar o panetone caseiro

Caso você queira dar uma incrementada no pão natalino, a nossa dica é fazer uma cobertura de brigadeiro mole (junto com granulados de chocolate) ou até mesmo uma ganache de chocolate meio amargo. Você também pode polvilhar um pouco de açúcar confeiteiro por cima para dar um efeito mais sofisticado ao panetone. Outra sugestão, para quem não tem tanto tempo na cozinha, é comprar um panetone já pronto e incrementá-lo da forma que preferir. É possível, por exemplo, criar um naked panetone com creme de nozes. O resultado fica bem saboroso e ainda mais bonito na decoração da mesa de Natal, pode apostar!

Matérias: Alimentação

Ver mais