Alimentação

Sucesso na ceia! Como fazer peru de Natal e deixá-lo bem temperado

Para preparar um peru de Natal saboroso você deve caprichar nos temperos e rechear a interseção entre a pele a carne da ave
Para preparar um peru de Natal saboroso você deve caprichar nos temperos e rechear a interseção entre a pele a carne da ave

Você já parou para pensar em todas os pratos que farão parte da sua ceia de Natal? Caso ainda não tenha feito a sua listinha, aqui vai uma dica de antemão: o peru temperado (carro-chefe de toda ceia) não pode faltar de jeito nenhum!

Para te ajudar a preparar esse prato que tem tudo a ver com o Natal, nós separamos um passo a passo bem fácil de seguir. Seguindo essas dicas, o peru fica com a carne bem macia, temperada e no ponto certo. Confira!

Primeiro passo: faça uma marinada caprichada

A primeira coisa que você precisa fazer é preparar uma marinada caprichada, usando diferentes tipos de temperos. Misture cebola, alho, vinho branco, pimentas, sal, molho shoyu, azeite e ervas (como cebolinha e salsinha). Bata tudo no liquidificador para fazer uma espécie de pasta e, depois, é só aplicar em todas as partes do peru.

Obs.: Antes de aplicar a marinada, uma boa dica é secar o peru com um papel toalha. Assim, você deixa a carne bem sequinha para os temperos pegarem melhor. Essa também é uma boa estratégia para garantir que a carne fique crocante depois do preparo!

Segundo passo: deixe o peru marinando por 2 horas ou mais

Espalhe bem os temperos por toda a carne (passando pelo peito, asas e até pela parte debaixo da ave) e, depois, coloque o peru junto com a marinada dentro de um saco de zíper (zip lock). Feche bem o saco, coloque na geladeira e, então, espere 2 horas ou mais (pode ser até da noite para o dia, para que o tempero pegue bem). Assim, a carne fica supersaborosa!

Terceiro passo: solte a pele do peru e recheie a parte de dentro

Chegou a hora de rechear o peru para deixar o prato ainda mais saboroso! O ideal é que você comece soltando a pele com as mãos. Esse é um processo delicado, mas bem mais simples de fazer do que parece - com cuidado, vá colocando as mãos no espaço entre a pele a carne, até que a primeira fique bem solta.

Depois, você deve preparar uma pasta de manteiga sem sal, pimentas em pó, um pouco de sal e cheiro-verde. Misture bem e coloque essa pasta na interseção da pele com a carne do peru. Vá apertando para espalhar a pasta com as mãos - assim, você cria uma camada de tempero embaixo da pele. Você também pode fazer furinhos na ave com um garfo para aplicar esse tempero em outros pontos. Fica uma delícia no final!

Você também pode rechear toda a parte interna do peru com sal, pimenta e um pouco da pasta de manteiga. Depois, jogue a marinada por cima da carne novamente (junto com o resto da pasta), amarre as pernas do peru com um barbante e, então, já pode partir para a próxima etapa!

Quarto passo: asse a carne por 3 ou 4 horas no forno a 200°C

Agora que o peru já está devidamente temperado e recheado, coloque-o em um recipiente, cubra com papel alumínio e bote para assar no forno preaquecido a 200°C. O ideal é deixar a carne assando por um período entre 3 e 4 horas - sempre conferindo para garantir que não está queimando! Se possível, a cada 30 minutos use uma colher ou um pincel para regar a carne com o caldo que fica no fundo do recipiente. Assim, o peru fica mais saboroso (com mais tempero) e com a carne mais macia.

Obs.: Cada quilo de ave deve ficar 30 minutos dentro do forno para assar bem. Tomando isso como base, você pode calcular quanto tempo o seu peru deve ficar assando.

Matérias: Alimentação

Ver mais