Alimentação

Feijoada sem mistérios: veja truques para fazer uma refeição de dar água na boca

Usando as carnes certas, a sua feijoada vai ficar muito mais gostosa
Usando as carnes certas, a sua feijoada vai ficar muito mais gostosa

Como já dizia a canção "Feijão Maravilha", "Dez entre dez brasileiros preferem feijão"! E, verdade seja dita, essa afirmação deve estar bem próxima da realidade, já que a combinação arroz com feijão faz um grande sucesso em nosso país. A feijoada, então, nem se fala! O único problema é que algumas pessoas ainda têm medo de errar no preparo desse prato, seja por não saberem usar a panela de pressão ou pela simples dificuldade em escolher qual carne utilizar para deixar o resultado final bem saboroso. Quer aprender a preparar uma feijoada de dar água na boca? Então siga as dicas dos colaboradores do Grupo Pão de Açúcar:

Quais carnes mais combinam com a feijoada?

Antes de mais nada, é preciso saber quais carnes escolher para preparar a feijoada perfeita. Um ótimo truque é optar pelo kit feijoada, que já vem com as necessárias para fazer o prato, o que dá mais agilidade na cozinha. Essa dica, inclusive, é usada pelo chef Carlos Bertolazzi na sua própria receita de feijoada.

Tudo bem, mas você prefere comprar as carnes in natura? São várias as que ajudam a deixar o prato com um gostinho a mais. Afinal, não basta ser carne para ser usada na feijoada, tem que combinar com a receita! Por isso, os colaboradores do Pão de Açúcar dão a dica:

"Temos alguns tipos de carne seca, sendo a mais usada a própria carne seca, que é feita por meio da salga e é preparada com coxão duro, coxão mole e braço bovino. As linguiças são também bastante típicas da feijoada, podendo ser de diversos tipos, como portuguesa, calabresa e paio. A costela, o lombo, o pé, a orelha e o rabo suíno são constituintes que combinam muito com a feijoada, dando um sabor especial e típico, além de serem ótimas proteínas!".

As carnes devem ser preparadas junto com o feijão?

Bem, em relação ao feijão em si não há muito mistério: é só deixá-lo de molho pelo máximo de tempo possível (preferencialmente da noite para o dia) e depois prepará-lo normalmente. Mas é aí que vem a dúvida: a carne pode ser colocada para cozinhar junto com o feijão? A resposta é: sim!

"O colágeno encontrado nessas partes do animal deixa o caldo mais grosso e saboroso. O processo irá demorar mais se for feito em panela comum, mas ficará com o mesmo sabor se for feito em panela de pressão. O feijão pegará o saber das carnes e ficará muito saboroso", afirmam os especialistas.

Como não errar no cozimento das carnes?

Beleza, já escolheu as que quer usar? Agora siga este simples passo a passo dos colaboradores do Pão de Açúcar para não errar no cozimento das carnes: "No primeiro momento, coloque junto com o feijão cru na panela as carnes com consistência mais firme: a carne-seca, o rabo, a orelha e o pé. Após alguns minutos, coloque o lombo e a costelinha e por último a linguiça e o bacon".

Percebeu que cada carne vai para a panela em um momento diferente? Seguindo essas dicas você não tem como errar! O importante é respeitar o tempo de preparo de cada uma e juntar todas com o feijão em um mesmo recipiente para que o seu sabor seja intensificado. Fácil, não?

Matérias: Alimentação

Ver mais