Lavanderia

Como lavar gravata sem cometer erros

Após lavar as gravatas (com sabão líquido ou uma solução limpante) e passá-las com ferro quente, o ideal é deixá-las bem esticadas e guardá-las com cuidado
Após lavar as gravatas (com sabão líquido ou uma solução limpante) e passá-las com ferro quente, o ideal é deixá-las bem esticadas e guardá-las com cuidado

Assim como outras roupas delicadas, as gravatas precisam ser lavadas e guardadas com uma série de cuidados. É muito importante, por exemplo, que elas sejam limpas sempre à mão - nunca na máquina - e sejam estendidas preferencialmente em um local arejado, na sombra, para que as fibras do tecido não ressequem ou desbotem. Quer saber como lavar gravata de seda, algodão, linho e outras sem cometer erros? É só continuar lendo!

Como lavar gravata com os produtos certos?

Antes de tudo, a principal dica é tentar lavar as gravatas o menos possível - apenas quando elas estiverem realmente sujas e sempre de forma bem cuidadosa. Também é necessário conferir os símbolos de lavagem nas etiquetas antes de começar, ok? Isso porque algumas gravatas vêm com uma instrução de "não lavar" - neste caso, o ideal é preparar uma solução e apenas borrifar no tecido. Evite também esfregar ou torcer demais a peça (seja com as mãos ou uma escova) e não utilize produtos abrasivos. Confira um passo a passo bem certeiro para não cometer erros no processo de lavagem:

Lave as gravatas com sabão neutro ou uma solução limpante

Caso as gravatas sejam de algodão ou tecido sintético, uma boa dica é preparar uma solução de água com sabão líquido. O lava roupas coco Qualitá, por exemplo, é um produto neutro que funciona muito bem para esse tipo de lavagem. Após dissolvê-lo na água, mergulhe as gravatas com cuidado e, em seguida, esfregue suavemente com as mãos. Se houver alguma mancha no tecido, use uma escova de dentes velha para esfregar pontualmente o local.

Caso a gravata seja de seda (ou de um material mais delicado), o ideal é não mergulhá-la completamente em uma solução. Prepare uma mistura de 300 ml de água, 3 colheres de sopa de álcool, 1 colher de sopa de lava roupas líquido neutro (ou detergente neutro) e 1 colher de chá de amaciante. Agite a solução, transfira para um borrifador e espirre diretamente na gravata. Use um pano macio para esfregar e, assim, remover as sujeiras com mais cuidado. Esse tipo de limpeza serve para gravatas mais delicadas, que também vêm com a informação de "não lavar" na etiqueta.

Enxágue até tirar bem o produto

Caso você tenha lavado as gravatas com sabão, será necessário enxágua-las até tirar o produto. Em seguida, em vez de torcer o tecido, uma boa dica é tirar o excesso de água com uma toalha. Assim, não corre o risco de deformar ou danificar as fibras da peça.

Estenda-as em um local arejado

Agora que as gravatas já estão devidamente limpas, basta estendê-las em um varal. O mais indicado é que elas fiquem em um local bem arejado e preferencialmente longe do sol. Se possível, deixe-as apenas penduradas na corda, sem usar pregador para não marcar o tecido.

Passe as peças com ferro quente

Para finalizar o processo, você pode passar as gravatas com ferro quente na temperatura mínima - assim, é possível deixar o tecido bem liso, mas sem correr o risco de desbotar a estampa. Vale destacar, ainda, que o ideal é passar esse tipo de peça o menos possível, ok? O segredo é guardá-las com cuidado para que elas não amassem depois.

Guarde-as penduradas em um armário

Para que você não precise lavar ou passar as gravatas com muita frequência, é muito importante que elas sejam guardadas de forma cuidadosa. O ideal é que elas fiquem bem esticadas, penduradas em cabides próprios. Além disso, evite guardá-las com o nó feito, pois isso pode deformar as fibras do tecido com o passar do tempo. Ou seja, sempre após o uso, desfaça o nó e a pendure esticada, ok?

Matérias: Lavanderia

Ver mais