Economia do lar

Liquidificador, mixer ou processador? Saiba se vale a pena ter os três na cozinha

O mixer possui todas as funções de um liquidificador, mas é menor e mais apropriado para pequenas porções de alimentos
O mixer possui todas as funções de um liquidificador, mas é menor e mais apropriado para pequenas porções de alimentos

Já faz tempo que a cozinha dos sonhos não é mais aquela cheia de utensílios. Hoje, o ideal é a praticidade, com produtos que reúnem várias funções e que ocupam menos espaço. O problema é que alguns utensílios muita gente não sabe diferenciar, como é o caso do trio mixer, processador e liquidificador. Afinal, vale a pena economizar e escolher apenas um? Será que eles cumprem exatamente as mesmas funções? Descubra se é um bom investimento ter os três na sua cozinha!

Liquidificador é indicado para preparo de diversas receitas

O liquidificador é um item muito popular na cozinha dos brasileiros. Ele tem a função de liquidificar, misturar, triturar e, principalmente, deixar os alimentos mais densos. Como é famoso no preparo de várias receitas - como vitaminas, pudins, sopas e panquecas -, ele geralmente se torna indispensável, e realmente é um item muito útil. A vantagem do liquidificador é que ele tira o ar dos alimentos, sendo, por isso, usado para aumentar a densidade. Ele é prático e muito útil na cozinha, sendo contraindicado para poucas receitas.

Mixer é uma opção versátil e fácil

O mixer é uma versão menor do liquidificador, mais portátil e fácil de limpar. Ele exerce todas as funções que um liquidificador faz, porém em porções menores. Não é indicado para alimentos sólidos que não foram cozidos, por não suportar a dureza com tanta facilidade, mas serve para diversas outras funções na cozinha devido à sua versatilidade. Se você não possui muito espaço, ou não faz muitas receitas que exijam o liquidificador, pode substituí-lo por um mixer.

Processador faz muito mais do que misturar

O processador - quase sempre chamado de multiprocessador - faz jus ao nome. Ele não só mistura, mas também corta, fatia, rala, mistura, processa... Em suma: é ideal para quem quer fatiar ou ralar legumes, queijo, ou processar vários ingredientes ao mesmo tempo. Ele é capaz de resistir à dureza de vários alimentos, como castanhas e legumes crus. Pela potência de seu motor, é possível encontrar no mercado muitos multiprocessadores também com a função liquidificador - ele vem com o copo do eletrodoméstico junto ao seu kit de lâminas e utensílios. Se esse for o caso, talvez valha a pena comprar só o multiprocessador, pois ele valerá por todos juntos, além de ser muito mais econômico.

Matérias: Economia do lar

Ver mais