Alimentação

Você sabe mesmo fazer compras de mercado? Veja 8 dicas para escolher frutas, verduras e legumes corretamente

Por incrível que pareça, evitar frutas grandes demais é uma boa dica para escolher as mais frescas e maduras
Por incrível que pareça, evitar frutas grandes demais é uma boa dica para escolher as mais frescas e maduras

Saber escolher frutas, verduras e legumes é fundamental para que sua alimentação seja saborosa. Afinal, comprar alimentos frescos e maduros é o segredo para um organismo saudável, mas para isso é preciso levar a sério o momento de fazer as compras no mercado e escolher os itens com atenção. Para nunca mais errar nesse momento crucial, preste atenção nos nossos truques:

Evite as frutas grandes demais

Uma fruta no café da manhã ou no lanche da tarde sempre cai bem, além de ser ótima para a saúde. Mas para que ela esteja no ponto certo, com aquele gostinho doce que todo mundo gosta, é importante prestar atenção na hora das compras. Geralmente, é preciso observar o cheiro, a textura e a cor. Deixe de lado as machucadas e nem se iluda com aquelas frutas bem grandes, pois elas podem ter uma quantidade maior de agrotóxico. Na dúvida, fique com as que têm um tamanho normal.

Como saber se uma fruta cítrica está boa

O segredo das frutas cítricas está na casca. Na hora de selecionar as laranjas e limões para fazer aquele suco gostoso em casa escolha os itens com casca bem lisa e brilhante. E quando a fruta estiver bem macia e pesada, é sinal de que está suculenta.

Preste atenção no cabo dos alimentos

A parte que não costumamos comer de algumas frutas pode ajudar a identificar se ela está boa para o consumo ou não. Para escolher o abacaxi, retire uma folha da coroa. Se não for difícil soltar, é sinal que ele está no ponto. Já se o cabo das uvas estiver escuro é melhor descartar, porque a fruta está envelhecida. Aqui, ao contrário da regra geral, o verde é a cor que mostra que ela está madura e deliciosa. O truque das bananas também está no cabo: prefira sempre os que estão amarelos. Mas se você é daqueles que não come tantas assim, escolha as que estão um pouco verdes, para evitar que elas estraguem rápido.

Sacudir a fruta ajuda a identificar a qualidade

Algumas frutas precisam da sua boa percepção. No caso do maracujá, por exemplo, com uma chacoalhada você descobre se ele está bom. Aqueles muito leves rendem pouco, enquanto os enrugados têm mais polpa. A mesma técnica vale para o abacate. Se você sacudir e o caroço estiver solto, é sinal de que ele está pronto para ir para a sua mesa.

O segredo está nas folhas

Na hora de comprar verduras e legumes é muito importante prestar a atenção nas folhas. Deixe de lado aquelas amareladas, queimadas e com furinhos. Sabia que no caso do espinafre você pode descobrir se ele está ainda não está no ponto somente pelo barulho seco? Além disso, as folhas precisam estar bem verdes e firmes.

Cuidado com os bichos nos legumes

A sensação de cortar aquela berinjela e encontrar larvas é péssima. Para não ser vítima dos bichinhos, preste bem atenção se existem furinhos na casca. Aquelas firmes, escuras e durinhas são as melhores. Não se iluda com as grandes e gordas, porque elas possuem sementes demais. E como os tomates também sofrem com os bichinhos, elimine aqueles com pequenos buracos. Outra dica de ouro está no cheiro: quanto mais forte, mais delicioso.

Como escolher as batatas

É comum encontrar batatas com ramos e pontos esverdeados para vender. A impressão ao ver esses itens pode ser de que o alimento está fresco e bom para o consumo. Mas quem pensa assim está enganado. Quando o broto estiver na batata é sinal de que ela está exposta há algum tempo. A tonalidade verde significa que o produto foi exposto à luz solar e pode conter uma substância chamada solanina. Evite consumir batatas com essas características, pois elas podem fazer mal para sua saúde.

Escolha os alimentos da época

Um truque importante é pesquisar sobre os alimentos da safra, tanto em relação às frutas quanto aos legumes e verduras. Escolher aqueles itens que estão "na época" é uma boa opção para fugir dos agrotóxicos e obter mais quantidade de nutrientes. Além disso, você ainda encontra os alimentos por um preço mais em conta.

Matérias: Alimentação

Ver mais