Alimentação

Tipos de arroz: branco, parboilizado, arbóreo e mais! Aprenda sobre as variações desse cereal

Entre os diferentes tipos de arroz, destacam-se o branco, o parboilizado, o integral, o selvagem e o cateto (ou japonês)
Entre os diferentes tipos de arroz, destacam-se o branco, o parboilizado, o integral, o selvagem e o cateto (ou japonês)

Famoso por ser um alimento básico em culinárias do mundo todo, o arroz é um tipo de cereal bem nutritivo e versátil que pode ser utilizado em diferentes pratos: risoto, paella, yakimeshi, sushi e outras receitas típicas que existem. Mas você sabia que existem diferentes tipos de arroz - que variam quanto ao formato, cor e até mesmo em termos nutricionais? Para que você conheça os principais, nós preparamos uma lista. Confira!

1. Arroz branco

Bem saboroso e fácil de preparar (pois tem um rápido cozimento), o arroz branco é o tipo mais consumido e funciona muito bem como acompanhamento para feijão, estrogonofe, moqueca e diferentes carnes. O diferencial desse tipo de arroz é que ele passa por um processo de refinamento durante a produção e, por isso, acaba perdendo em termos nutricionais.

2. Arroz integral

Diferentemente do branco, o arroz integral se destaca principalmente por ser bem nutritivo (rico em fibras, proteínas e vitaminas, por exemplo) e geralmente é indicado para quem faz dieta. Isso porque ele não passa por um processo de refinamento e acaba conservando bem todos os seus nutrientes. Vale destacar que existem versões de arroz integral simples, vermelho, negro e até incrementado com diversos grãos.

3. Arroz parboilizado

Para quem não sabe, o arroz parboilizado é um tipo de arroz branco mais nutritivo - afinal, apesar de ser descascado e passar por certo refinamento, ele também é submetido à parboilização, que consiste em um tipo de pré-cozimento que ajuda a reter os nutrientes no alimento. Assim como o branco comum, ele serve como ótimo acompanhamento para diferentes pratos (feijão, salada, moqueca e diferentes molhos ou carnes).

4. Arroz arbóreo

Perfeito para o preparo de risotos, o arroz arbóreo se destaca por ser menorzinho, redondo, rico em amido e tem uma grande capacidade de absorver temperos. Em termos nutricionais, ele se assemelha bastante com o arroz branco e costuma ser muito utilizado na culinária italiana. Que tal experimentá-lo em algumas receitas de risoto de alho-poró, cenoura, cogumelo e outros?

5. Arroz selvagem

Considerado um tipo de arroz mais nobre e exótico, o selvagem se destaca por ser superior aos outros em termos nutricionais (é bastante rico em proteínas, vitaminas, minerais e fibras, por exemplo) e é bem saboroso. Além disso, ele não costuma ser servido puro, mas sim junto com leguminosas (como soja, grão-de-bico, lentilha, feijão fradinho) ou refogados com temperos. Vale a pena incluir esse tipo de arroz na dieta!

6. Arroz cateto (ou japonês)

Muito usado no preparo de temakis, sushis e outros pratos tradicionais da culinária japonesa, o arroz cateto (ou japonês) se destaca por ser bem curto, transparente e - assim como o arbóreo - bastante rico em amido. Ele fica mais cremoso e grudadinho depois de cozido - por conta disso, inclusive, acaba compondo muito bem receitas japonesas.

Matérias: Alimentação

Ver mais