Economia do lar

Que tal plantar temperos? As melhores plantinhas para você ter em casa e os cuidados para elas crescerem bem

Manjericão é uma planta que sobrevive muito bem em climas mais quentes
Manjericão é uma planta que sobrevive muito bem em climas mais quentes

Adicionar tempero é o segredo para deixar qualquer comida mais gostosa! Então, para que não faltem opções para o preparo e para economizar, uma boa opção é cultivar plantas que entreguem essas especiarias na sua própria casa. Que tal?

Pimenta, orégano, coentro... São várias as possibilidades para ter no próprio lar - e o único segredo é fazer o cultivo do jeito certo para que elas cresçam bem. Confira nossa lista com 5 temperos e descubra os cuidados necessários para cada plantinha:

Coentro: calor e solo fértil ajudam na plantação 

O cuidado mais importante para plantar coentro tem a ver com o clima: a plantação precisa ser feita no verão, já que é necessário que a semente receba calor todos os dias para que possa se desenvolver. Além disso, também é importante enriquecer o solo com matéria orgânica para que ele fique bem fértil e melhore as condições do plantio.

Pimenta: exposição ao sol e regas semanais são indispensáveis

A pimenta, por sua vez, precisa ser cultivada no inverno para que seu desenvolvimento ocorra no verão - já que a primeira colheita é feita após 90 dias do plantio. Mas, para que tenha uma boa formação, é preciso tomar alguns cuidados específicos, como deixá-la exposta ao sol por seis horas todos os dias e regar tudo três vezes por semana.

Orégano: clima ameno e solo úmido contribuem para o desenvolvimento do tempero

Assim como ocorre com o coentro, o plantio do orégano precisa contar com a ajuda de matéria orgânica para que cresça em solo fértil. O clima ameno com solo úmido - resultado de uma irrigação diária - é o mais recomendado para o seu crescimento, mas também precisa passar algumas horinhas exposta ao sol para que tenha seu sabor acentuado.

Salsa: solo deve ser regado sempre que estiver seco 

A exposição ao sol também é necessária para o crescimento da salsa, e precisa ser feita por, aproximadamente, cinco horas por dia. Sempre que perceber, com a ponta dos dedos, que o solo está seco, é necessário fazer a rega - mas com bastante cuidado para não exagerar na quantidade de água. E uma dica importante: quando finalmente chegar o dia da colheita, lembre-se de deixar 1 cm do talo para que ele volte a crescer. 

Cebolinha: deve estar em ambiente iluminado e ser regada diariamente

O plantio da cebolinha é bem simples, já que ela não necessita de muito espaço para crescer. O mais importante é ter um solo fértil, regas diárias e ambientes devidamente iluminados. Na hora da colheita, um detalhe é importante: tenha o cuidado de retirá-las pela base!

Manjericão: em regiões mais quentes pode ser cultivado o ano todo

No caso do manjericão, você pode plantar tanto a semente quanto fazer mudas com galhos de plantas maiores. Ele não suporta muito o frio, e pode ser cultivado o ano todo em regiões mais quentes. Além disso, precisa receber iluminação direta todos os dias, nem que seja por apenas algumas horas, para poder crescer bem. Já em relação ao solo, ele precisa estar sempre úmido, mas esqueça o excesso de água! Regue um pouco com frequência para que a sua planta cresça forte e saudável.

Matérias: Economia do lar

Ver mais