Alimentação

Para desossar frango sem esforço: se livre dos ossos como um expert da cozinha

Seguindo dicas simples você vai poder desossar o frango com facilidade e sem mistérios
Seguindo dicas simples você vai poder desossar o frango com facilidade e sem mistérios

Para quem não tem muita habilidade na cozinha, desossar o frango pode ser um verdadeiro desafio - e, por isso, tem quem prefira sempre a opção do peito para poupar trabalho. No entanto, não dá para fugir sempre dessa tarefa, não é? Sem falar que alguns pratos só funcionam com a versão que tem o osso. Por isso, para te ajudar nessa missão que - você vai ver - não é tão impossível quanto parece, separamos algumas dicas que vão te fazer virar expert (ou quase isso) no processo de desossar frango.

Desossar o frango não é tão difícil assim! Veja o passo a passo:

A tarefa de desossar o frango pode ser complicada para quem é iniciante na cozinha ou - ainda que tenha experiência com outros pratos - sempre preferiu apostar no peito para não perder muito tempo cozinhando em casa. Mas você sabia que, com as dicas certas, até quem não é conhecedor do assunto pode virar quase um expert nessa missão?

O segredo principal é usar uma faca bem afiada e colocar o frango na posição certa para ficar mais fácil tirar o osso.

Vamos lá? 

1. Para começar, separe uma daquelas tábuas próprias para alimentos e coloque o frango em cima dela. Deixe-o de barriga para baixo para facilitar os próximos passos da sua missão;

2. Separe uma faca bem afiada e encontre a espinha dorsal do frango para dar o primeiro corte. Calma, não precisa se preocupar que não é difícil: usando seus próprios dedos, você acha facilmente esse ponto;

3. Achou a espinha dorsal? Então, faça o corte descendo pelos ossos da coluna;

4. Agora, indo para os lados, vá cortando toda a carne que estiver rente aos ossos. Para fazer isso sem comprometer o frango, o truque é o seguinte: puxe bem a carne e tente cortá-la o mais rente possível da parte com osso;

5. Quando chegar na área da costela, você vai encontrar a fúrcula - que também é conhecida como "osso da sorte" ou "osso do peito". Para removê-la sem dificuldades, coloque o frango em uma posição que deixe a cavidade do pescoço voltada para o seu lado e vá passando a faca ao redor do osso até que ele saia por completo;

7. Desça com a faca e, seguindo as mesmas dicas, continue removendo os ossos com cuidado;

8. Vire o frango e repita todo esse procedimento do outro lado;

9. Depois de desossar toda essa parte, é hora de ir para o ponto mais difícil: a junção entre a asa e as coxas. Mas, calma, não precisa se desesperar! O truque principal para não errar é deixar essa área em destaque dobrando a asinha para trás e, depois, cortar ao redor dela;

10. Feito isso, encontre o ponto de encaixe e corte cuidadosamente com a faca;

11. Está quase no fim, faltam só alguns passos! Agora, ache a cartilagem que fica no osso do peito e bem próxima à pele - a chamada quilha. Corte toda a carne em volta dela com bastante cuidado e, depois, remova-a e a descarte;

12. Agora, para terminar, é só tirar os ossos da coxa. Para fazer isso, o segredo é ir cortando toda a carne passando a faca por dentro e empurrando o osso para fora ao mesmo tempo que solta, com cuidado, a pele.

13. Faça o mesmo em todas na outra coxa e nas asas;

14. Pronto, seu frango está devidamente desossado!

Matérias: Alimentação

Ver mais