Alimentação

Os cuidados você deve ter com a sua tábua de madeira para que ela dure por muito tempo

Após selar a tábua, a madeira fica com uma coloração mais escura
Após selar a tábua, a madeira fica com uma coloração mais escura

É praticamente de lei: quem gosta de cozinhar tem uma tábua de madeira em casa. Tudo bem que ela pode ser feita de outro material, mas esse tipo continua sendo um grande queridinho. Mas você sabia que com os cuidados certos esse utensílio pode ter uma vida útil maior? Pois é, e para combater o desperdício, evitando que você o jogue fora antes que isso seja de fato necessário, nós separamos as melhores dicas para fazer a sua tábua de madeira durar mais. Se liga!

É preciso selar a tábua de madeira

O grande pulo do gato é selar a tábua de madeira assim que ela for comprada. "Mas como assim?", você deve estar se perguntando. Simples: a madeira é um material que pode apodrecer com o contato constante com a água, e é exatamente isso que ocorre quando cortamos carne ou tomate nesse tipo de tábua. Afinal, o líquido entra em pequenas frestinhas e não sai de lá. E, ao não secar, acaba apodrecendo por dentro o utensílio, fazendo com que ele tenha que ser jogado fora. Ao passar pelo processo de selagem ele ganha uma espécie de capa impermeabilizante e evita que a água entre pelo sulcos. Já entendeu, né? Aí, nada de madeira apodrecida!

Como selar tábua de madeira

Beleza, agora você entendeu a importância de selar a tábua de madeira antes de usá-la pela primeira vez. Mas como fazer isso? Não, não é da mesma forma que fazemos com os alimentos, mais ainda assim o processo é bem simples, e você só vai precisar de óleo e papel toalha. Só isso mesmo? Sim. E o passo a passo também é bem fácil! É só derramar uma quantidade considerável de óleo na madeira, espalhar por toda a tábua - sem se esquecer de passar nos dois lados -, tirar o excesso com um papel toalha seco e deixá-la descansando por um dia inteiro antes de começar a usá-la. Esse é tempo necessário para que a madeira absorva todo o óleo, e se ainda tiver um pouco do líquido pode passar mais papel toalha para absorver o excesso sem problemas.

Se você ainda não entendeu a lógica desse processo pare e pense: já viu óleo em contato com a água? Pois é, se formam várias bolinhas amarelas porque esses dois líquidos não se misturam por nada, já que possuem densidade, polaridade e até estruturas diferentes. Por isso, ao colocar o óleo na madeira ele entra nas frestas e repele a água que em teoria iria pra lá caso você não tivesse selado nada.

Conforme você for espalhando o óleo vai perceber que a madeira vai ficando um pouquinho mais escura, como se você tivesse passado verniz. Não estranhe: é assim mesmo. O mais importante é ter a certeza que não esqueceu de espalhar por nenhum lugar, o que inclui possíveis sulcos que ficam em volta da tábua para evitar que o líquido cortado nela caia na bancada.

É preciso selar a tábua com frequência

Não pense que só de ter feito o processo assim que comprou a tábua o problema está resolvido. Nada disso! Ao menos uma vez por mês é preciso repetir toda a selagem para manter essa capa impermeável sempre funcionando. Além disso, ela não resolve o problema da sujeira, então pode lavar a tábua de madeira sempre que ela for usada sem medo, usando um pano úmido e detergente mesmo. Também nunca a coloque de molho ou em um lava-louças, porque nos dois casos a selagem pode não ser suficiente para impedir a entrada de água.

Dica bônus: Óleo mineral também é uma boa alternativa para selar a madeira. O processo é o mesmo que você faria com o de óleo de cozinha. Afinal, ele também é comestível, e por isso pode ser usado na tábua. Jamais opte por verniz, porque ele pode gerar envenenamento.

Matérias: Alimentação

Ver mais