Economia do lar

O tutorial de como congelar hortelã, salsa, coentro e outros temperos

 Como congelar temperos : a forminha de gelo é superversátil e pode ser usada para conservadas as ervas frescas
Como congelar temperos : a forminha de gelo é superversátil e pode ser usada para conservadas as ervas frescas

Para quem gosta de ervas frescas e conhece a importância de evitar o desperdício dos alimentos, saber como congelar salsa e coentro é fundamental! Esses são apenas alguns exemplos de condimentos que não só podem, como devem ser congelados para serem consumidos em receitas futuras. Quando passamos da quantidade certa de produtos no mercado, há diversas maneiras de armazenar as plantas no refrigerador a fim de reduzir o descarte de alimentos na cozinha. Então, acompanhe o tutorial de como congelar ervas e temperos para aproveitar ao máximo os nutrientes dos condimentos!

1. Como congelar temperos: solução de água com água sanitária sem alvejante é o primeiro passo

A não ser que você tenha uma horta em casa, deixar as ervas frescas em remolho antes de serem consumidas é uma tarefa obrigatória. As plantas costumam acumular micro-organismos e bactérias nas folhas, o que pode prejudicar a saúde de quem as consome antes de serem higienizadas. Por isso, fazem parte da lista de alimentos que devem ficar de molho antes do preparo.

Lembre-se de deixar os temperos em remolho em uma solução de água com água sanitária por pelo 30 minutos. O ideal é que o produto de limpeza não contenha alvejante em sua composição, pois isso pode provocar reações alérgicas no corpo. A cada litro de água, inclua 1 colher de sopa de água sanitária e deixe as ervas mergulhadas pelo tempo determinado.

2. Lave as folhas em água corrente para remover resíduos

Após o tempo de molho, lave os temperos em água corrente para remover todo o produto presente nas folhas. Enxágue com abundância na pia da cozinha para limpar os resíduos presentes. Em seguida, transfira as ervas para um escorredor onde a água possa ser escorrida.

3. Secar com papel toalha é o segredo de como congelar hortelã e outras ervas

Para acelerar o processo de secagem, você pode usar o papel toalha para absorver o resto de líquido presente nas plantas. Espalhe os temperos em cima de um pano de prato e utilize uma folha de papel para secar os temperos completamente com pequenas batidinhas nas folhas.

4. Corte as plantas em pedaços menores e distribua em diferentes recipientes

Os condimentos podem ser armazenados de formas diferentes, de acordo com o uso que pretende dar para cada erva após descongelada. É possível congelar hortelã, salsinha, cebolinha, alecrim, tomilho, manjericão… e mais! Descubra as variações de armazenamento e aprenda como congelar temperos para reaproveitar os alimentos no futuro:

Saquinho de plástico

Os saquinhos de plástico descartáveis são ótimos para congelar alimentos, assim como o saco de zíper! Independentemente de qual você escolher, é possível colocar as plantas inteiras ou cortá-las em pedaços menores para facilitar o manuseio após o descongelamento. Basta remover o máximo de ar possível do saquinho, fechar com um nó ou o próprio zíper e levar ao congelador.

Forma de gelo

As formas de gelo também podem ser usadas para congelar coisas além de água! Corte os temperos em pedacinhos que caibam nos espaços da forma e preencha com um pouco de água. Esse método é mais indicado se você pretende fazer uma sopa ou cozido, pois você pode acrescentar o alimento congelado em cubos diretamente na receita.

Pote com tampa

Os potes com tampa são grandes aliados, pois facilitam a organização do congelador. A ideia é picar as folhas e distribuir nos potinhos. É só fechar e levar ao freezer. Rápido e prático!

5. Consuma os temperos congelados em até 6 meses

Mesmo no congelador, as ervas podem ficar impróprias para consumo depois de certo tempo. Por isso, é importante consumi-las em até 6 meses. Caso contrário, elas devem ser descartadas. Aprendeu, né?

Matérias: Economia do lar

Ver mais