Economia do lar

Já pensou em tingir roupas? O guia prático para dar uma cara nova para as suas peças

O tie-dye é uma técnica de tingimento que vai te permitir renovar o guarda-roupa com criatividade
O tie-dye é uma técnica de tingimento que vai te permitir renovar o guarda-roupa com criatividade

Você sabia que dá para renovar camisas, calças, shorts, vestidos e outras peças de um jeito bem simples e barato? Pois é, a customização com corante permite que você dê uma nova cara a diferentes roupas - em especial, aquelas que você já não usa mais (olha a reciclagem aí!). A melhor parte é que existem várias técnicas para tingir os tecidos: seja em degradê, listras, tie-dye ou desenhos abstratos. Por isso, a gente preparou um guia prático para te ajudar a tingir aquela roupa que está sobrando dentro do armário. Confira as nossas dicas e mãos à obra!

Alguns tecidos são mais fáceis de tingir

A primeira coisa que você precisa saber é que alguns tecidos são mais fáceis de customizar do que outros. Por isso, é possível que você tenha dificuldades em tingir uma ou outra peça do armário - mas, na maioria dos casos, dá para resolver isso apenas deixando o corante agir por mais tempo. Ou seja, sempre tem um jeitinho de colorir a roupa, independente de qual seja o tipo do tecido!

Mesmo assim, a nossa dica é dar prioridade às blusas de algodão e de fibras naturais, que conseguem absorver a tinta com maior facilidade. Além disso, roupas de cores claras (branco, creme ou de tons pastéis) também são mais fáceis de colorir e acabam ficando mais bonitas no final. Mas você sempre pode experimentar o corante em tecidos de outras cores - a ideia, inclusive, é arriscar sem medo (e abusar da criatividade) para criar uma peça diferente de qualquer outra. E aí, se animou para experimentar essa técnica de pintura?

Como tingir a roupa em água quente: o passo a passo para não errar!

Ao contrário do que muita gente pensa, tingir roupas é algo superfácil e você não precisa de muitos acessórios para colocar a mão na massa. O mais importante é definir as cores com as quais você quer tingir as roupas (existem corantes azuis, vermelhos, laranjas, verdes e muitos outros) e já comprar os frascos na quantidade certa. Além disso, você vai precisar de luvas para proteger as mãos e um um avental, para não correr o risco de tingir, acidentalmente, a roupa que você está usando no momento. Confere só como é bem simples de fazer:

1. Antes de tudo, você deve lavar a roupa para tirar todas as manchas e sujeiras. Assim, elas vão conseguir absorver melhor a tinta e o resultado vai ficar bem mais bonito! Aliás, é importante que elas estejam molhadas para o iniciar o processo de tingimento.

2. Comece enchendo uma panela grande com água (pense num tamanho que seja suficiente para tingir a roupa com conforto) e, depois, coloque para ferver no fogão.

3. Agora você deve adicionar o corante e o fixador, que serão os responsáveis por tingir a roupa que você escolheu. O ideal é seguir as instruções que vêm na embalagem dos produtos para colocar as medidas certinhas (tem uma proporção específica de corante para determinada quantidade de água) - assim, você não corre o risco de errar na dosagem!

Obs.: Existem corantes em forma de pó ou líquido, mas os dois são ótimos, então pode escolher o que preferir!

4. Com uma colher de pau, misture a solução durante alguns minutos (para garantir que o corante fique bem diluído na água) e, depois, mergulhe a roupa dentro da panela, deixando-a toda coberta. Você pode manter o fogo em um nível baixo e, assim, ir misturando o tecido, para garantir que todas as partes fiquem tingidas uniformemente.

5. Desligue o fogo e deixe a roupa submersa nessa solução em um período de, no mínimo, 40 minutos. Mas, se puder deixar durante mais tempo, melhor ainda! Tem gente que mantêm o tecido dentro da solução da noite para o dia e, assim, o corante pega superbem.

6. Por fim, tire a roupa da água quente e lave em uma água corrente fria (pode ser no tanque da lavanderia mesmo) para tirar o grosso da tintura. É importante que você lave a peça separadamente, pois ela vai soltar bastante corante nessa primeira lavada. Depois, estenda a roupa no varal para que ela seque naturalmente.

Já ouviu falar da técnica tie-dye? Método permite tingimento criativo

Uma das principais técnicas usadas para tingir roupas é a tie-dye, que significa "amarrar e tingir": você só precisa de alguns elásticos e corantes para dar uma nova cara à roupa (interessante, né?). Essa técnica faz muito sucesso justamente por ser bem simples e por permitir que você crie listras, bolinhas e desenhos abstratos no tecido. No final, fica superbonito!

Para implementar essa técnica você primeiro precisa esticar a blusa em cima de uma mesa. Depois, é só planejar como quer que o tingimento seja feito (dá para fazer diferentes desenhos usando a criatividade). Para tingir listras verticais, por exemplo, você deve enrolar a camisa de baixo para cima (formando um tubinho) e, depois, usar elásticos ou um barbante para delimitar as listras. Você pode colorir cada área com um corante líquido diferente - basta despejar a tinta no espacinho delimitado pelo elástico.

Outra dica interessante é amassar a blusa de forma aleatória e, depois prender os elásticos também de um jeito bagunçado. Despeje as tintas que quiser nos espacinhos delimitados pelos elásticos. Você vai ver que as estampas vão ficar bem criativas e diferentes de qualquer outro desenho - a graça, inclusive, é perceber como cada peça ganha um colorido único, dependendo da quantidade de tinta e de como você amassou o tecido. Também é possível fazer bolinhas e flores, apenas fazendo pequenos nós na blusa com o elástico. Que tal experimentar?

Você pode dar uma renovada naquele jeans velho ou vestido desbotado

A melhor parte de toda essa experiência com os corantes e tecidos - fora, é claro, o lado criativo de customizar por conta própria - é ter a possibilidade de renovar peças que você já havia descartado. Aquela calça jeans velha e surrada (mas que você tanto gosta) pode ser facilmente revitalizada apenas com um pouco de corante. Basta fazer umas manchinhas em alguns pontos que o look já muda totalmente. Outra dica interessante é tingir aquele vestido que era bonito, mas que perdeu a cor com o passar do tempo. Você pode colorir a peça toda, de maneira uniforme, ou até mesmo tingir apenas a bainha, para dar um toque mais descontraído. Com todas essas dicas, a gente tem certeza que você vai se animar para dar uma nova cara às roupas antigas!

Matérias: Economia do lar

Ver mais