Economia do lar

Hora do Planeta: por que aproveitar o evento para ser mais sustentável

A Hora do Planeta é um movimento simbólico global que consiste em deixar as luzes apagadas por 60 minutos
A Hora do Planeta é um movimento simbólico global que consiste em deixar as luzes apagadas por 60 minutos

Você já ouviu falar na Hora do Planeta? Anualmente, no último sábado do mês de março, pessoas e empresas do mundo todo são convidadas a apagar as luzes durante o período de 60 minutos. Esse movimento simples, mas cheio de significado, funciona como um ato (e protesto) simbólico contra o aquecimento global. O objetivo é propor uma maior reflexão e conscientização sobre as mudanças climáticas. Interessante, né? Para entrar nesse clima e ter um estilo de vida mais ecológico, existe uma série de medidas que podem ser tomadas diariamente - tais como seguir as propostas dos três R’s da sustentabilidade e evitar desperdícios sempre que possível. Para te incentivar a participar desse tipo de iniciativa, nós listamos alguns hábitos ecológicos para adotar na rotina. Confira!

Como e por que participar da Hora do Planeta?

Para participar e contribuir com o movimento, a principal dica é ficar antenado no site da ONG WWF (World Wide Fund for Nature), que é a responsável pela organização da Earth Hour (Hora do Planeta). Em 2021, o evento será realizado de 20h30 às 21h30 no horário local de cada um - basta apagar as luzes para participar! Embora seja um ato simbólico, esse movimento traz mais união e força para a causa ecológica no mundo todo.

Reaproveite cascas e restos de alimentos

A primeira dica para ser mais sustentável é ter bastante cuidado com o manuseio e consumo dos alimentos. Através de alguns hábitos simples, é possível evitar ao máximo o desperdício e diminuir os impactos negativos no meio ambiente. Uma boa dica, por exemplo, é utilizar cascas e talos de vegetais no preparo de novas receitas - como farinhas, mousses e smoothies caseiros. Para quem gosta de cultivar plantas e hortaliças em casa, também é possível usar o lixo orgânico para fazer compostagem e, assim, produzir o próprio adubo natural.

Economize e reutilize água no dia a dia

Você sabia que é possível economizar água de forma significativa seguindo alguns truques? Para começar, uma boa dica é guardar a água do cozimento de alimentos para outras finalidades - como regar plantas ou até mesmo preparar uma nova receita. A água usada para cozinhar batata ou cenoura, por exemplo, pode muito bem servir para o preparo do arroz.

Outra sugestão simples, mas que também ajuda bastante o meio ambiente, é coletar água da chuva e reaproveitar a água da máquina de lavar para limpar o carro, a bicicleta e até mesmo lavar os pisos e paredes da casa. Além disso, crie o hábito de desligar a água enquanto escova os dentes ou ensaboa a louça, por exemplo. Com essas pequenas atitudes, é possível fazer a diferença!

Reutilize garrafas pet e potes de vidro

Sabe aquela garrafa pet e pote de vidro (de palmito, azeitona etc.) que ficam vazios após o consumo dos alimentos? Eles podem muito bem ser reutilizados na decoração da casa. Quando cortada, a garrafa pet pode funcionar como vaso de jardim e até ser utilizada para fazer caminhas e brinquedos para cachorro. Potes de vidro, por sua vez, podem armazenar novas comidas (como molhos e geleias caseiros) ou até mesmo bugigangas, como coleções de moedas e chaveiros. Fica por sua conta usar a criatividade e incorporar esses itens à casa!

Não exagere no uso de produtos de limpeza

Além de reaproveitar embalagens, outra dica importante é tentar sempre utilizar os produtos de limpeza (e também os alimentos) de forma otimizada. Vale destacar que cada sabão, detergente e esponja, por exemplo, demanda recursos em sua produção. Por isso, é importante ler sempre os rótulos e utilizar cada item com muita consciência, evitando sempre desperdícios. Na hora de lavar a louça, por exemplo, tente colocar pouco detergente - não há necessidade de exagerar, pois a quantidade de espuma não reflete no processo de limpeza. Tomando consciência desses pequenos fatores - e mudando uma série de hábitos no dia a dia -, fica mais fácil ajudar o planeta.

Matérias: Economia do lar

Ver mais