Economia do lar

Conheça iniciativas que vão te ajudar a ter um consumo mais consciente

Doar roupas para instituições e passar a comprar em brechós são ótimas formas de ter um consumo sustentável
Doar roupas para instituições e passar a comprar em brechós são ótimas formas de ter um consumo sustentável

Cada vez mais pessoas vêm se envolvendo em projetos de sustentabilidade - participando como voluntários, contribuindo com doações e até mesmo criando ONGs voltadas para o meio-ambiente. Toda forma de participação é válida e o planeta agradece muito essa dose de cuidado! Aqui, nós separamos quatro iniciativas interessantes que propõem um consumo mais consciente e sustentável. Aposto que você vai se animar a fazer a sua parte!

Novo de novo - programa de reciclagem do Grupo Pão de Açúcar

Se você está procurando algum projeto voltado para a reciclagem de plásticos e embalagens, chegou a hora de conhecer o programa “Novo de novo” - criado e administrado pelo Grupo Pão de Açúcar. O projeto consiste no reaproveitamento das embalagens de leites, sucos, gelatinas, chás, barras de cereais e até mesmo de produtos de limpeza como o tira manchas. Depois de usar um produto do programa “Novo de novo”, basta descartá-lo em uma unidade da rede de supermercados. Já vai ser uma grande ajuda para o meio-ambiente!

Exército da Salvação ajuda pessoas ao redor do mundo

É possível que você já tenha ouvido falar no Exército da Salvação, uma instituição internacional de caridade que atua no Brasil desde 1922. A ideia desse grupo é atender crianças e idosos em situações de risco em diferentes locais do mundo. Além disso, eles criam projetos educacionais e de capacitação profissional para muita gente.

A melhor parte é que você pode ajudar comprando diretamente no bazar da instituição. O dinheiro arrecadado com as vendas é voltado para a caridade. Além disso, também é possível doar roupas, suprimentos e dinheiro. Ou seja, caso você esteja fazendo uma limpa no guarda-roupa, uma boa dica é doar os itens para o Exército da Salvação.

Sebo solidário CELPI reverte lucro em cestas básicas, materiais escolares e agasalhos para famílias carentes

Outra forma incrível de buscar um consumo mais sustentável é passar a comprar livros e roupas em sebos e brechós. Existem muitos projetos e bazares espalhados pelo Brasil que vendem itens reaproveitados por um preço mais em conta. É só procurar!

O projeto CELPI (Costura e Lactário Proinfância), por exemplo, pode ser definido como “sebo solidário”: localizada no bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro, a instituição funciona como brechó e sebo ao mesmo tempo. Todo o lucro adquirido com a venda dos itens (livros e roupas, de forma geral) é revertido em cestas básicas, materiais escolares e agasalhos para famílias do Morro Dona Marta. Lindo esse projeto, né?

O mais incrível é que essa organização vem atuando na cidade desde 1925 - funciona com o apoio de um grupo de costureiras e voluntários diversos. Para ajudar a instituição, você pode fazer doações e também passar a comprar itens diretamente no sebo.

ONG Trevo para reciclagem de óleo de cozinha

Você sabia que o óleo de cozinha deve ser descartado de forma diferente? Quando despejado na pia ou no ralo, ele segue para o esgoto e acaba contaminando a água e o solo. Por isso, é importante colocar esse produto em um centro de reciclagem próprio.

A ONG Trevo se preocupa justamente com essa questão: com sede na cidade de São Paulo, a instituição recolhe óleo e restos de fritura em restaurantes, hotéis, diferentes estabelecimentos e até mesmo em condomínios residenciais.

Eles oferecem uma bombona (recipiente) de 50 litros onde o óleo deve ser despejado. Para adquirir esse coletor, o condomínio só precisa pagar um valor único de R$70,00. Depois, a ONG tem o trabalho de sempre levar o óleo para a reciclagem e devolver a bombona nas mesmas condições para o uso. O meio-ambiente agradece!

Matérias: Economia do lar

Ver mais