Alimentação

Como se faz banho-maria? Entenda por que ela é necessária em algumas receitas

A melhor forma de derreter pedaços de chocolate é através da técnica banho-maria
A melhor forma de derreter pedaços de chocolate é através da técnica banho-maria

Quem gosta de se aventurar na cozinha, com certeza já conhece o método de cozimento “banho-maria”, que consiste em uma técnica que usa o calor indireto para preparar receitas. Ela é geralmente usada para derreter chocolates sem queimar e também outros tipos de doces. Quer entender melhor como esse tipo de cozimento funciona e por que ele é tão necessário em alguns casos? É só continuar lendo!

Aprenda a fazer banho-maria

Preparar uma receita em banho-maria é algo muito simples de fazer, sabia? Você só vai precisar de dois recipientes em vez de um: encha uma panela com água (mais ou menos até a metade) e coloque-a no fogão. Ligue o fogo baixo e deixe a água esquentando. Depois, coloque uma tigela menor (com todos os ingredientes que você quer cozinhar) dentro da panela.

Nesse modo de preparo, o cozimento ocorre por conta do contato com a água quente e não pelo fogo direto. Por isso, o banho-maria é geralmente usado em alimentos que devem ter um cozimento lento e que são mais vulneráveis ao fogo (podem queimar facilmente, por exemplo), como o marshmallow, pedaços de chocolate e até mesmo o creme de leite, que pode empelotar com o fogo alto.

Obs.: Muitas pessoas também gostam de fazer banho-maria sem que a tigela encoste na água da panela. Nesse caso, o cozimento se dá apenas pelo vapor da água, já que não há contato direto. Neste caso, use uma tigela um pouco maior, que não entre por inteiro na panela e, assim, também não encoste na água.

Vale destacar que você não deve deixar a água ferver - o ideal é que ela fique bem quente, mas nunca borbulhando. Por isso, é importante deixar o fogo bem baixo e, caso a água comece a borbulhar, uma dica interessante é acrescentar umas pedrinhas de gelo.

Além disso, outro ponto interessante é que o banho-maria também pode ser feito no forno. Neste caso, basta encher uma assadeira com água e deixar esquentando. Quando a água já estiver preaquecida, coloque a outra travessa com os ingredientes a serem cozidos. Não tem erro!

Vantagens do banho-maria

A melhor parte de cozinhar em banho-maria é que os alimentos são preparados lentamente, mantêm mais o sabor e os nutrientes, pois não entram em contato direto com o fogo. Para preparar receitas com barras de chocolate, leite condensado e creme de leite (caldas de bolos, por exemplo), esse é o método mais eficiente! O doce fica em uma textura bem mais cremosa e não corre o risco de queimar durante o processo.

Mas engana-se quem pensa que o banho-maria serve apenas para preparar doces. Essa técnica também é ótima para receitas salgadas - principalmente peixes, legumes e ensopados, que podem ser preparados aos poucos, sem correr o risco de queimar. Além disso, como o aquecimento não é tão agressivo (por conta do intermeio da água) os nutrientes dos alimentos também ficam mais preservados. Interessante, né?

Matérias: Alimentação

Ver mais