Organização

Como organizar uma festa infantil que agrade crianças e adultos

Para garantir a diversão das crianças, você pode montar um espaço separado ao ar livre com brinquedos e atrações
Para garantir a diversão das crianças, você pode montar um espaço separado ao ar livre com brinquedos e atrações

Festa de criança é aquele evento bem animado - geralmente cheio de brinquedos, atrações e, é claro, aquelas comidinhas que toda criançada curte: pipoca, hambúrguer, batata frita, brigadeiro, balas, docinhos e por aí vai. Só que também é importante lembrar que a festa deve atender aos adultos, né? Por isso, o ideal é que você monte um cardápio que agrade todos os grupos - bem diverso, com um pouquinho de tudo. Quer aprender a organizar uma festa infantil de sucesso? É só continuar lendo!

Comece fazendo a lista de convidados

A primeira coisa que você deve fazer, sem dúvidas, é um levantamento de quantas pessoas serão convidadas para a festa. Apenas quando o número de pessoas estiver definido, será possível calcular a quantidade de comidas, bebidas e até mesmo o espaço que você deve reservar para o evento. Por isso, desde o início, é importante estabelecer se a festa será grande (com mais de 30 pessoas, por exemplo) ou apenas para os mais íntimos. Depois de definir esse ponto, você já pode partir para as outras etapas do planejamento!

Faça uma planilha com as comidas do evento

O segredo para planejar festas sem correr o risco de esquecer algo é manter tudo sempre anotado. Para isso, o ideal é que você comece fazendo uma planilha no Excel (para organizar tudo) ou até mesmo listas escritas à mão: em uma folha, anote todas as comidas voltadas para as crianças (mini pizzas, hambúrgueres, salgadinhos e doces de forma geral). Em outra, as comidas mais "encorpadas" do evento - geralmente, algum almoço (arroz com estrogonofe, por exemplo, faz bastante sucesso) e também petiscos mais refinados, como uma mesa de frios com queijos, salaminhos e ovinhos de codorna, por exemplo.

Mas caso você não queira gastar muito dinheiro, lembre-se de que muitas comidinhas infantis também atendem aos adultos - salgadinhos, de forma geral, sempre fazem sucesso! Então, caso você prefira (e queira economizar), também dá para fazer uma única lista de comidas diversas, que todos irão gostar.

Não se esqueça das bebidas

Na hora de planejar o cardápio, você não pode se esquecer de incluir as bebidas. Dentre aquelas que não podem ficar de fora, estão os refrigerantes, sucos e água. Além disso, você também pode incluir bebidas alcoólicas para os adultos do evento, como cervejas e vinhos. Mas fica por sua conta, dependendo da proposta da festa.

Calcule a quantidade média de comida

Depois de definir o cardápio, também é importante fazer um cálculo médio da quantidade de comida. Essa talvez seja uma das partes mais difíceis do planejamento, pois sempre ficamos em dúvida se estamos exagerando ou calculando para menos. Para te auxiliar, seguem algumas referências de quantidade de ingredientes por pessoa:

- De 12 a 15 salgadinhos (coxinhas, quibes, bolinhas de queijo etc.);

- Cerca de 5 docinhos (brigadeiros, casadinhos, cajuzinhos, entre outros);

- Uma média de 500 ml de refrigerante;

- Cerca de 300 g de estrogonofe (ou outra comida).

Seguindo mais ou menos essa linha de cálculo, fica mais fácil definir a quantidade de comidas e bebidas que você precisa comprar ou preparar. Lembre-se apenas que é necessário seguir a lista de convidados para fazer um cálculo mais preciso!

Destine um espaço apenas para as crianças

Para garantir diversão às crianças (e conforto aos adultos), outra dica interessante é separar um espaço da festa apenas para os pequenos. Ali, você pode colocar brinquedos e até mesmo uma cama elástica, caso a festa seja ao ar livre. Assim, dá para garantir que as crianças tenham um lugar separado para brincar (para que toda a festa não fique uma bagunça) e os adultos também tenham um canto mais reservado e silencioso para conversar. Organização e planejamento do espaço também contam muito!

Tente fazer a decoração por conta própria

Quando se trata de decorar a festa, muitas pessoas gostam de recorrer a empresas especializadas no assunto. No entanto, uma boa forma de economizar é tentar fazer os enfeites (e até mesmo algumas comidinhas) por conta própria.

Muitas coisas são fáceis de fazer e, apesar de demandarem certo trabalho, acabam sendo divertidas no final. Portanto, uma boa dica é planejar - em uma planilha ou caderno - todos os gastos com enfeites, como toalhas de mesas, bonecos, possíveis atrações e até a encomenda do bolo. Depois, faça um levantamento do que você pode preparar por conta própria (alguns docinhos e até mesmo lembrancinhas para os convidados). Quando já estiver tudo planejado, basta colocar as coisas na prática para fazer uma festa infantil inesquecível!

Matérias: Organização

Ver mais