Pets

Como fazer o gato beber água com mais frequência? Veja dicas de um veterinário

Potes de inox rasos e largos são boas dicas para gatos, pois diminuem o desconforto dos felinos em relação ao bigode na hora de beber água
Potes de inox rasos e largos são boas dicas para gatos, pois diminuem o desconforto dos felinos em relação ao bigode na hora de beber água

Saber como fazer o gato beber água nem sempre é tão simples. Quem é dono de pet entende a importância de se ter um cardápio de alimentação e uma boa hidratação para os animais, mas também sabe que certos comandos não costumam funcionar muito bem com os felinos. A veterinária Nathalia Breder conversou com a gente para explicar melhor os possíveis motivos para gatos não ingerirem o líquido e ainda preparou uma lista de dicas para quem tem gato em casa fazer o bichinho se hidratar com mais frequência!

Seu gato não bebe água? Entenda as possíveis razões

De acordo com Nathalia, não existem doenças específicas que se manifestam e fazem com que os gatos não bebam água. Na verdade, existem sintomas que podem ser avaliados externamente. “Os felinos têm certa preguiça e resistência natural em ingerir água. Qualquer doença que ele apresente faz com que essa indisposição de andar, de se mover até o pote ou fonte de água aumente. A questão dos bigodes encostarem na borda do pote também gera um incômodo muito grande”, diz a veterinária.

O que fazer se meu gato não bebe água com frequência?

Se a ingestão de água diminui quando os gatos estão com algum tipo de dor ou incômodo, a primeira das dicas para donos de gato é observar com atenção a rotina alimentar e de hidratação do pet. Saber como cuidar de gato nem sempre é tão simples, então é fundamental acompanhar os momentos de alimentação a fim de descobrir se as quantidades ingeridas são suficientes para mantê-lo saudável. Caso perceba que seu gato parou de beber água ou ingere pouco líquido, isso pode significar algum tipo de patologia ou desconforto. Lembre-se de não dar leite ao felino nem outros alimentos que gatos não podem comer para suprir a falta da água.

Dicas para gatos beberem água regularmente

Nathalia preparou uma lista de dicas para gatos ingerirem mais líquido que vão fazer seu pet se hidratar melhor e evitar problemas derivados da baixa ingestão de água! Dá uma olhada:

1. Invista em uma fonte de água para gatos

A especialista indica colocar pelo menos um tipo de fonte com água em movimento, já que felinos adoram beber em lugares de água corrente. “A forma mais eficiente de estimular que o gatinho beba água é com a utilização de fontes de água específicas para gatos em casa”, afirma Nathalia.

2. Misture sachê com água morna

Outra opção supereficiente para fazer o pet ingerir mais água é a oferta de sachê ou ração úmida diariamente acrescido de uma ou duas colheres de sopa de água morna. “Assim, o estímulo para ingerir todo o caldinho é maior”, explica a veterinária.

3. Tenha potes inox ou de plástico que sejam rasos e largos

Segundo a especialista, o ideal é que sejam usados potes de inox ou plásticos rasos e largos, de modo que os bigodes do gato não encostem na borda quando ele for beber água. A região da face dos felinos pode ser muito sensível, então busque evitar esse tipo de atrito.

4. Coloque um pote com água fresca em cada cômodo

Para aqueles que mantêm o gato dentro de casa, é crucial que cada cômodo da casa tenha um potinho com água fresca. Isso facilita a hidratação do pet por reduzir a necessidade de locomoção e também estimula a hidratação pelo frescor do líquido.

5. Saborize a água com caldinho de carne ou um pouco de sachê

Se o seu gato for saudável, Nathalia sugere saborizar a água com caldinho natural de carne, um pouco de sachê ou uma colher de iogurte natural sem sabor e sem adoçante/açúcar. Atente-se apenas para o fato de que essa não pode ser a única fonte de água, e nem deve ficar a disposição o dia todo. A ingestão da água natural é muito importante!

*Nathalia Breder (CRMV/RJ 9287) é formada em medicina veterinária pelo Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) e mestranda em Nutrição pela Universidade Federal de Lavras (UFLA)

Matérias: Pets

Ver mais