Economia do lar

Como congelar e descongelar alimentos: um guia definitivo

 Para congelar legumes e verduras corretamente você deve fazer a técnica de branqueamento de vegetais
Para congelar legumes e verduras corretamente você deve fazer a técnica de branqueamento de vegetais

Todo mundo sabe que congelar alimentos é uma ótima forma de fazê-los durar mais tempo e de diminuir os afazeres na cozinha. Afinal, quando você congela várias marmitas para ir comendo ao longo da semana, por exemplo, fica bem mais fácil preparar a refeição na hora que bate a fome. Por isso, nós criamos um guia definitivo de como congelar e descongelar alimentos de todos os tipos: proteínas, vegetais, frutas e carboidratos como o arroz nosso de cada dia. Confira!

Carnes e peixes devem ser congelados sem nenhum tipo de tempero

É claro que preparar uma boa marinada é um processo essencial para dar sabor às proteínas - sobretudo quando se trata das carnes vermelhas. Mas na hora de congelar esse tipo de alimento, saiba que a melhor sugestão é armazená-los no freezer sem nenhum tipo de tempero.

O ideal é colocar peças inteiras de carnes e peixes diretamente no congelador (sem nenhum corte e na embalagem original do alimento). Você só deve retirá-los quando você for temperar e fazer a proteína. É por isso que as carnes embaladas a vácuo, por exemplo, ficam muito mais tempo conservadas no freezer. Faça isso com peças de picanha, pedaços de salmão e todos os tipos de peixes e carnes vermelhas que você tiver na sua casa.

Obs.: Peito, coxas e sobrecoxas de frango podem ser congelados com ou sem tempero! No caso das aves, a marinada não influencia na textura do alimento e eles podem ser guardados da maneira que você quiser - preferencialmente em potes de vidro ou vasilhas plásticas.

Antes de congelar legumes e verduras, faça o branqueamento de vegetais

A técnica do branqueamento de vegetais é muito importante na hora de congelar legumes e verduras. O processo consiste em realizar um choque térmico nos alimentos antes de levá-los ao freezer. Isso ajuda a preservar o sabor, o aroma e a textura, mantendo grande parte dos nutrientes intactos.

Para congelar um vegetal, o primeiro passo é higienizá-lo corretamente com uma solução de vinagre e hipoclorito de sódio (água sanitária). Depois, coloque o alimento em uma panela com água fervente e aguarde de 2 a 3 minutos. Em seguida, retire-o da panela e jogue dentro de uma bacia com água gelada e algumas pedras de gelo. Depois, é só aguardar mais 1 minuto e dividir o vegetal em pequenas porções para levar ao freezer.

Dica: Lembre-se de guardá-los dentro de sacos zip lock ou em potinhos bem vedados!

Banana, maçã e outras frutas devem ser congeladas de maneiras diferentes

Enquanto a maçã precisa ser descascada e fatiada para ir ao congelador, a banana deve ser congelada somente depois de cozida. É isso mesmo que você está pensando: cada tipo de fruta possui uma maneira diferente (e mais apropriada) de congelamento! Mas, de uma forma geral, existe um macete: o segredo para armazená-las corretamente é cortar em pequenas porções, guardar em potes herméticos e, então, levar ao freezer.

Arroz e feijão devem ser congelados separadamente

Para congelar o clássico arroz e feijão, você deve guardá-los no freezer separadamente. O arroz, por exemplo, pode ir direto para o freezer depois de cozido. Basta colocar em um pote bem vedado e, se preferir, dividir em porções individuais (colocando a quantidade específica para montar cada marmita, por exemplo).

Já o feijão deve ser congelado sem tempero, assim como as carnes vermelhas e os peixes. A ideia é que você tempere o feijão apenas quando for realmente prepará-lo, fazendo com que o seu caldo preserve os nutrientes do cozimento e também com que os temperos deem ainda mais sabor ao prato.

Para descongelar os alimentos, leve à geladeira

Nem todo mundo sabe, mas deixar uma comida dentro da pia da cozinha e, então, descongelar os alimentos em temperatura ambiente é um dos erros mais comuns. Na verdade, o método mais seguro de descongelamento é retirar a comida do freezer e colocá-la diretamente na geladeira. Isso ajuda a preservar sabor, textura e nutrientes!

Matérias: Economia do lar

Ver mais