Pets

Cachorro pode comer tomate?

Tomate para cachorro: de preferência por porções pequenas e sem sementes
Tomate para cachorro: de preferência por porções pequenas e sem sementes

Cachorro pode comer tomate ou é melhor evitar? A dúvida circula entre os tutores e é sempre bom esclarecer quais são os alimentos que o cachorro pode consumir antes de oferecer aos animais. Afinal, todo dono de pet busca oferecer a melhor refeição para o seu cão, para mantê-lo saudável e cheio de energia para brincar. No caso de alimentos naturais, é fundamental pesquisar quais são as frutas mais recomendadas para o consumo. Para descobrir se pode ou não oferecer tomate para cachorro, continue lendo.

Afinal, pode dar tomate para cachorro?

A resposta é sim, cachorro pode comer tomate. Porém, é preciso ter alguns cuidados ao oferecer a fruta aos cães. O tomate por si só é uma boa opção de aperitivo para o pet e também compõe a alimentação humana de forma saudável. Entretanto, o fruto pode ser levemente ácido e, como os cachorros têm o estômago mais sensível, eles estão mais suscetíveis a ter enjoos quando não comem adequadamente. É preciso ter atenção a detalhes específicos antes de oferecer o petisco ao animal de estimação.

Tomate para cachorro deve ser oferecido maduro e sem exageros

O tomate é uma fruta apreciada pelos cães, mas todo cuidado é pouco quando se lida com a saúde de bichos domésticos. O cachorro pode comer tomate cru, mas sem exageros, assim como no caso da ração. Como o alimento tem um leve teor de acidez, ele pode provocar desconfortos intestinais nos cães, então é bom dar porções pequenas para evitar vômitos e diarreia.

Além disso, o indicado é só servir o tomate quando estiver bem maduro. Por mais saudável que o alimento seja, ele pode conter solanina em sua composição, uma substância tóxica para cães, principalmente para cães filhotes. O componente está presente nas folhas da planta, mas também pode ser encontrado no fruto verde. Tenha atenção à qualidade do ingrediente!

Cachorro pode comer tomate cereja, mas sem sementes

Os diferentes tipos de tomate são muito semelhantes entre si, então você pode oferecer as variedades para o pet. Claro que somente depois de checar se a fruta está madura e remover os ramos e folhas. Lembre-se também de não oferecer as sementes para bicho, pois elas podem atrapalhar o fluxo gastrointestinal e prejudicar a alimentação do cão. Se você puder servir o fruto sem casca, saiba que isso diminui ainda mais as chances de ingestão de toxinas. Tudo para tornar a refeição do bichinho mais segura e saudável.

Cachorro pode comer molho de tomate, desde que seja caseiro

O molho de tomate é uma opção de aperitivo, mas apenas aqueles que não contém adição de açúcares, conservantes, nem outras substâncias não indicadas para cães. O ideal e mais recomendado em todos os casos é oferecer molho de tomate caseiro sem adoçante ou a própria fruta in natura para manter o cachorro saudável o ano todo.

Ração para cachorro é opção mais prática e segura

Apesar do tomate ser um alimento saudável e seguro quando todos os cuidados são cumpridos, oferecer ração para cachorro é sempre a opção mais segura para a alimentação do pet. Nem todos os cães estão livres de desconfortos ao consumir a fruta, mesmo com as condições de consumo atendidas. Por isso, você pode priorizar outros alimentos naturais que sejam saudáveis e combinar as refeições com a ração do bichinho. Assim, não tem risco de enjoos nem desconfortos para o seu melhor amigo.

Matérias: Pets

Ver mais