Pets

Cachorro dormindo muito? Entenda o impacto da alimentação na energia do pet

Está percebendo o cachorro dormindo muito? Confira se ele está comendo o tipo e quantidade de ração adequados
Está percebendo o cachorro dormindo muito? Confira se ele está comendo o tipo e quantidade de ração adequados

Você já se perguntou quantas horas um cachorro dorme por dia? Existem muitos fatores que podem influenciar no sono do seu pet - principalmente no que diz respeito à alimentação. Caso o cãozinho esteja se alimentando com a ração adequada, ingerindo todos os nutrientes necessários, ele terá mais energia e uma rotina mais balanceada. Está vendo o cachorro dormindo muito no dia a dia e quer entender quais são os possíveis motivos? É só continuar lendo!

Cachorro dormindo muito? Descubra o que pode ser

Se você está sentindo que o seu cachorro está dormindo demais, é necessário atentar a alguns pontos e, se necessário, consultar um nutricionista. Um cão adulto saudável, por exemplo, costuma dormir de 12 a 14 horas por dia. No entanto, caso ele fique muito tempo sozinho em casa, é possível que se habitue a dormir um pouco mais.

Também é normal cachorro filhote dormir muito no dia a dia. Afinal, antes de completar 1 ano de idade, o pet costuma ter um comportamento bem mais agitado e está em fase de crescimento (o que demanda muita energia). Por isso, ele costuma dormir bem mais: entre 16 e 18 horas diárias.

O mesmo serve para cães idosos, que são menos ativos e podem estar enfrentando problemas de saúde - como dores nas articulações, nos ossos, doenças no coração e outros. Isso faz com que o pet durma por mais tempo (uma média de 18 horas diárias, por exemplo) justamente para descansar e fugir das dores.

Confira a alimentação do cachorro está adequada

Caso você sinta que o seu pet está dormindo além da conta - mesmo que ele filhote ou idoso, por exemplo -, a primeira dica é atentar para a ração de cachorro que você está oferecendo. Afinal, existem diferentes tipos de ração - para filhotes, adultos ou idosos que atendem às necessidades específicas de cada idade.

A ração para cachorro filhote, por exemplo, é bastante rica em proteínas e é voltada nutricionalmente para o bom desenvolvimento do animal. Já a ração sênior, para cachorros idosos, deve ser menos calórica e, de preferência, conter uma quantidade maior de fibras, que ajudam a regular o intestino do animal.

Existem também rações para cães diabéticos, obesos, castrados e que têm problemas renais. Nesses casos, é muito importante consultar um veterinário para escolher a alternativa mais completa em termos nutricionais para o animal.

Quando o cachorro tem uma alimentação adequada - não está com carência de nutrientes, por exemplo, ele costuma ter uma rotina de sono bem regulada. Ou seja, caso o seu pet esteja dormindo demais, vale a pena conferir se ele está comendo a quantidade (e o tipo) de ração certa.

É normal cachorro dormir muito em dias mais quentes?

Vale destacar, ainda, que em dias mais quentes é bastante comum que o cachorro fique mais prostrado e durma por mais horas que o normal - principalmente caso ele encontre algum ponto mais fresco para descansar. Durante o verão, inclusive, alguns cachorros apresentam falta de apetite e ficam menos ativos.

Nesse caso, uma boa dica é pensar em estratégias para garantir mais conforto ao bichinho, como deixá-lo em um local bem arejado, deixar sempre água fresca à disposição e até oferecer alimentos refrescantes (frutas, água de coco e picolés caseiros, por exemplo). Assim, o cachorro mantém o sono e toda a sua rotina mais regulados.

Quantas vezes alimentar o cachorro por dia

Criar uma rotina de alimentação para o cachorro é algo fundamental para que ele se mantenha saudável. Você sabia, por exemplo, que cães de até 8 meses de idade devem comer de 3 a 4 vezes por dia? Isso porque eles têm um metabolismo mais acelerado e, assim, conseguem crescer melhor. Cães adultos, por sua vez, podem comer 2 vezes por dia - de manhã e à noite, por exemplo. Assim, eles também conseguem regular melhor o sono e, dessa forma, o sistema digestivo se mantém em bom funcionamento.

Matérias: Pets

Ver mais