Alimentação

Azeitona preta, verde, recheada e outros tipos que você precisa experimentar

As azeitonas preta e verde se diferenciam pelo tempo de colheita: a primeira é colhida já madura (sendo mais macia, de sabor mais suave) e a segunda não passa por todo o processo de maturação (é mais durinha e amarga)
As azeitonas preta e verde se diferenciam pelo tempo de colheita: a primeira é colhida já madura (sendo mais macia, de sabor mais suave) e a segunda não passa por todo o processo de maturação (é mais durinha e amarga)

Em uma mesa de aperitivos e snacks, as azeitonas costumam ser presença garantida! Salgadinhas e um pouco amargas, elas combinam com torradas, pães, biscoitos, pastinhas e ainda são bem fáceis de guardar (duram bastante na geladeira). A melhor parte é que existem diferentes tipos de azeitonas - pretas, verdes, com caroço, sem caroço e recheadas, que variam quanto ao sabor e podem ser usadas em diferentes receitas. Quer saber mais sobre as diferenças entre azeitona preta, verde e outras? É só continuar lendo!

Quais as diferenças entre os tipos de azeitonas?

Embora as azeitonas preta e verde se diferenciem em termos de cor, sabor e textura, elas são mais semelhantes do que parecem! Isso porque todas as azeitonas são frutos da oliveira (árvore alta, de tronco retorcido) e apenas se diferenciam por conta da época da colheita. Conheça mais a fundo cada tipo de azeitona e suas particularidades:

Azeitona preta é mais macia e tem sabor mais suave

A azeitona preta é colhida já madura e, por isso, tem um sabor especial: é menos amarga (tem um sabor mais suave) e também retém uma quantidade maior de água, o que garante uma textura mais macia. Geralmente, esse tipo de azeitona é usado em coberturas de pizza e pratos com bacalhau - justamente por ter um sabor menos forte. Ainda assim, ela pode ser usada em outras receitas e também é ótima para servir de snack ou aperitivo.

Azeitona verde é um pouco mais amarga

A azeitona verde é uma versão do fruto ainda não maduro, sendo colhida bem antes da azeitona preta. Por não ter passado por todo o processo de maturação, ela tem uma consistência mais durinha e também retém uma quantidade maior de óleo - o que faz com que o sabor fique mais forte e amargo. Ela funciona como excelente aperitivo e é bastante indicada para quem gosta de sabores mais fortes.

Azeitona recheada é bem saborosa e pode ser usada em diferentes receitas

Você já experimentou alguma versão de azeitona recheada? Geralmente, ela é feita da seguinte forma: durante a sua produção, o caroço da azeitona verde é retirado e, no lugar, coloca-se um pedaço de pimentão vermelho (ou outro recheio). Essa azeitona é bem saborosa e também pode ser usada em diferentes receitas - molhos, saladas, sanduíches e por aí vai.

Azeitona com caroço tem o sabor melhor preservado

Algumas pessoas preferem azeitonas com caroço por elas terem um sabor mais curado que as demais. Isso acontece porque elas ficam mais bem conservadas na salmoura - conseguem preservar melhor sua textura e o sabor com o tempo. No entanto, vale destacar que a presença do caroço também pode dificultar dependendo da receita. Por isso, inclusive, esse tipo de azeitona costuma ser mais servido como aperitivo.

Azeitona sem caroço é ótima para fazer recheios

Por ter um buraquinho no meio, a azeitona sem caroço pode acabar absorvendo o líquido da salmoura e perdendo um pouco do sabor com o tempo. No entanto, ela é bem mais prática de comer e tem gente que prefere o sabor desse tipo de azeitona. Além de ser bem macia, ela é bastante versátil: é ótima para compor recheios de sanduíches, salgados, pastinhas, molhos e outras receitas no dia a dia.

Matérias: Alimentação

Ver mais