Alimentação

Alimentos para diabéticos: quais os permitidos para quem não pode consumir açúcar

No  cardápio para diabéticos , o ideal é incluir arroz integral, carne magra (frango ou peixe), folhas verde-escuras e outros vegetais
No cardápio para diabéticos , o ideal é incluir arroz integral, carne magra (frango ou peixe), folhas verde-escuras e outros vegetais

Para quem é diabético, ter uma alimentação saudável é muito importante para evitar problemas no sistema circulatório - já que, quando não bem tratada, a doença pode causar hipertensão e até prejudicar a capacidade de cicatrização do corpo. A boa notícia é que existem alguns alimentos que, quando consumidos a longo prazo, fazem bastante diferença! Você sabia, por exemplo, que peixes e oleaginosas (mix de nuts) ajudam a controlar a glicose? Para te incentivar a montar um cardápio balanceado, nós preparamos uma lista de alimentos para diabéticos que pode ser usada em todas as refeições do dia.

Como montar um cardápio para diabéticos?

A primeira dica para montar um cardápio para diabéticos bem equilibrado é apostar nos legumes, verduras, leguminosas, cereais, oleaginosas, carnes magras, peixes e, de preferência, tomar cuidado com alimentos rico em açúcares, muito gordurosos, frituras e até mesmo algumas frutas (como as secas). O ideal é consultar um nutricionista para montar um plano alimentar e, ao mesmo tempo, tomar bastante cuidado para não exagerar. Confira os principais alimentos para diabéticos que podem ser incluídos na sua dieta:

Arroz e massas integrais têm alto teor de fibras

Incluir arroz integral (em vez do branco) na dieta é a primeira dica para quem tem diabetes. O mesmo serve para o macarrão e outras massas, como pães. Isso porque alimentos integrais têm uma quantidade maior de fibras solúveis e insolúveis, que fazem com que os carboidratos sejam absorvidos de forma mais lenta em forma de glicose, o que ajuda a controlar o índice glicêmico. Por isso, a principal dica é sempre dar preferência aos alimentos integrais, ok?

Brócolis e folhas verdes fornecem fibras, vitaminas e minerais que diminuem o açúcar no sangue

Vegetais verde-escuros, como brócolis, couve, espinafre e rúcula, por sua vez, também são ótimos para quem tem diabetes. Isso porque eles são muito ricos nutricionalmente - contêm fibras, vitaminas, ferro, magnésio e substâncias antioxidantes que ajudam a baixar o nível de glicose no sangue. Por conta disso, inclusive, essa categoria de vegetais é muito indicada para quem tem pré-diabetes e precisa controlar melhor o quadro.

Oleaginosas e sementes são fontes de gorduras boas

Você sabia que oleaginosas e sementes também são ótimas para a dieta de diabéticos? Elas são fontes de ômega 3, 6 e outros ácidos graxos (gorduras boas) que são essenciais para o controle da glicose. O ideal é incluir esses alimentos no preparo das saladas, em misturas com iogurtes, vitaminas ou consumir in natura na hora do lanche. Apenas tome cuidado para não exagerar, ok? Comer de forma excessiva é um erro que não pode ocorrer com pessoas diabéticas.

Peixe, frango e carnes magras são fontes de proteínas, fibras e gorduras boas

Assim como as oleaginosas, os peixes são fontes importantes de gorduras boas - substâncias importantes para o controle da glicose. Além disso, carnes magras de uma forma geral fornecem proteínas, fibras, vitaminas e minerais que ajudam no controle do açúcar no sangue e garantem um bom funcionamento do sistema digestivo. Por isso, tente abdicar das carnes mais gordurosas ou embutidos (como linguiças, carnes vermelhas e salsichas) e consumir regularmente proteínas magras.

Obs.: Para controlar melhor os níveis de açúcar no sangue, também é importante evitar alguns alimentos. Frutas secas, por exemplo, têm uma concentração maior de frutose (e outros nutrientes) e devem ser evitadas ou consumidas com bastante moderação. Além disso, evite refrigerantes, bebidas com muito açúcar, biscoitos recheados e outros alimentos muito doces. Vale lembrar que fazer um acompanhamento com um nutricionista é imprescindível - principalmente para montar um plano alimentar coerente, saboroso e dentro das restrições necessárias.

Matérias: Alimentação

Ver mais