Alimentação

Alimentação do idoso: as dicas de uma nutricionista para ser saudável na 3ª idade

A alimentação dos idosos deve ser pautada em frutas e alimentos naturais que fornecem vitaminas, fibras e outros nutrientes importantes
A alimentação dos idosos deve ser pautada em frutas e alimentos naturais que fornecem vitaminas, fibras e outros nutrientes importantes

Buscar uma alimentação saudável na terceira idade é algo fundamental. Afinal, essa é uma fase da vida em que os cuidados com a saúde devem ser redobrados. É necessário, por exemplo, fazer uma dieta regrada, seguindo as recomendações médicas. Para saber mais sobre o assunto, nós conversamos com a nutricionista Cristiane Coronel, que deu ótimas dicas para a alimentação dos idosos. Confira!

É fundamental manter o organismo sempre hidratado

Beber água é um hábito importante para todas as fases da vida. No entanto, de acordo com a nutricionista Cristiane Coronel, a preocupação de manter-se hidratado durante a velhice deve ser ainda maior.

"A atenção deve voltar-se a uma boa hidratação, oferecendo água com frequência e, caso haja recusa de água, pode ser feita a água saborizada, utilizando cascas e pedaços de frutas e folhas, maceradas ou não. Sucos também podem ser oferecidos, levando em consideração a tolerância e saúde do idoso", explica.

Proteínas animais não podem ficar de fora da dieta dos idosos

Para manter a dieta do idoso bem equilibrada e completa é muito importante recorrer a nutrientes indispensáveis para o organismo. De acordo com a nutricionista, alimentos fontes de proteínas, por exemplo, não podem faltar no cardápio.

"Boas fontes proteicas são indispensáveis para a reposição de aminoácidos nos tecidos: frango, peixe, carne bovina, porco, ovos e grãos como feijões, lentilha, ervilha e grão-de-bico também são interessantes. Lembrando sempre que devem ser alimentos de fácil mastigação e deglutição. Eles também devem estar bem cozidos, cortadinhos ou moídos para que não haja dificuldade na hora de comer e não ou riscos de engasgos", recomenda Cristiane.

Leites e derivados são fontes de cálcio, indispensável para a alimentação na terceira idade

Você já deve ter ouvido falar que, durante a terceira idade, os riscos de desenvolver osteoporose (doença caracterizada pela perda de massa óssea) aumentam bastante. Por isso, o consumo de alimentos ricos em cálcio torna-se fundamental. A nutricionista Cristiane dá ótimas dicas para prevenir esse tipo de problema.

"Fontes de cálcio e magnésio devem estar presentes na alimentação: leites, queijos, requeijões, iogurtes. Além de laticínios, folhas verde-escuras também devem estar nas refeições. Bem cortadinhas, de preferência em sopas e caldos. Alguns exemplos são couve, brócolis (e suas folhas também) e espinafre", afirma a profissional.

Frutas são fontes de minerais e vitaminas indispensáveis para o organismo

Não tem como abrir mão das frutas no dia a dia, certo? Além de doces e saborosas, elas fornecem nutrientes importantes, têm alto teor de água e, por isso, devem fazer parte do cardápio dos idosos. De acordo com a nutricionista, esses alimentos são fundamentais, mas devem ser consumidos com cautela.

"Fontes de vitaminas, minerais e fibras também são de suma importância. As frutas devem ter grande presença nos lanches, sejam cortadas, em forma de salada de frutas ou amassadas em forma de purês. Banana, maçã, pera, mamão, abacate, melancia, melão, laranja, tangerina e uvas são ótimas sugestões. Sempre tomando cuidado com sua higienização, remoção de cascas e sementes".

Aposte nos legumes e crie estratégias para tornar as refeições mais interessantes

Para preparar as refeições principais no dia a dia, o ideal é apostar em alimentos básicos, que compõem um cardápio bem nutritivo. Nesse quesito, legumes e vegetais ganham grande destaque - são indicados para o preparo de sopas, cremes e outras receitas fáceis de consumir.

"Outras fontes indispensáveis são as de energia provenientes de legumes, batatas e arroz. Esses alimentos devem ser bem cozidos, refogados, oferecidos em pedaços, purês ou suflês. Os idosos, ao longo dos anos, perdem o paladar. Então é interessante sempre preparar os alimentos com temperos naturais como alho, cebola, açafrão, cominho, colorau, ervas em geral e não exagerar no sal e no açúcar", explica Cristiane.

Conheça receitas leves e saudáveis para a alimentação de idosos

Além de recorrer aos alimentos certos para montar um cardápio balanceado, também é necessário preparar receitas criativas, leves e saudáveis para estimular o apetite dos idosos. A nutricionista Cristiane Coronel deu ótimas dicas de pratos para preparar no dia a dia. Dá uma olhada:

Sopa de legumes com carne moída

Ingredientes

- 1 cenoura

- 1 batata-doce ou inhame

- 1 chuchu

- Carne moída refogada

Modo de preparo

Refogar a carne moída, juntar os legumes picados, acrescentar água e ferver até cozinhar os legumes.

Sopa de Lentilha

Ingredientes

- Lentilha preparada como feijão

- Cebola ralada

Modo de preparo

Preparar a lentilha da mesma forma que o feijão e acrescentar cebola ralada.

Sopa de Mandioca (ou inhame) com carne moída

Ingredientes

- 250 g de mandioca ou inhame

- 100 g de carne moída refogada

- Cheiro verde

- Açafrão ou colorau (1 colher de chá)

Modo de preparo

Refogar a carne moída, acrescentar o açafrão ou colorau, bater a mandioca cozida no liquidificador e misturá-la com a carne moída. Em seguida, acrescentar o cheiro verde e a água, deixar ferver um pouco e prontinho!

Suflê de legumes

Ingredientes

- 1 chuchu grande ou 1 cenoura

- 1 colher sopa e meia de maisena

- 1 ovo

- 1 colher café de fermento 

- 1 colher de queijo ralado (branco) - opcional

- Sal a gosto

Modo de preparo

Bater tudo no liquidificador, untar a forma e assar em forno quente por 20 minutos.

Creme de abacate (ou avocado) com cacau

Ingredientes

- Meio abacate (de 4 a 6 colheres de sopa)

- 1 colher de sopa cheia de cacau em pó (pode fazer uma mistura com cacau + alfarroba em pó também)

- 1 colher de sobremesa de sucralose ou stevia ou açúcar de coco 

- 4 a 5 colheres de sopa de leite desnatado

Modo de preparo

Em um recipiente, bata os ingredientes até formar um creme homogêneo. Coma frio.

Gelatina natural

Ingredientes

- Gelatina em pó (ou folha) sem corantes e sem sabor

- Suco natural de sua escolha

Modo de preparo

Você deve preparar de acordo com a embalagem, usando água quente e algum suco natural (de polpa ou integral) adoçado com açúcar de coco, orgânico ou xilitol. Use as mesmas proporções de água e suco. Por fim, leve à geladeira.

* Cristiane Coronel é nutricionista graduada pelo Centro Universitário de Brasília e pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva Funcional pela Universidade Cruzeiro do Sul

Matérias: Alimentação

Ver mais