Limpeza

Água fria ou quente? Saiba quando é indicado usar cada uma em diferentes lavagens

Para lavar pisos internos, de uma forma geral, o ideal é usar água fria ou morna
Para lavar pisos internos, de uma forma geral, o ideal é usar água fria ou morna

Na hora de lavar as roupas, toalhas, panelas e até mesmo paredes e pisos da casa, costuma surgir a seguinte dúvida: é melhor usar água quente ou fria? No entanto, a resposta vai sempre depender do tipo de material com o qual você está lidando. Quer aprender mais sobre qual é a temperatura de água certa para cada limpeza? É só continuar lendo!

Água quente para soltar gordura de panelas e louças

Contar com a função "água quente" na torneira da cozinha é algo muito útil, sabia? Isso porque, quanto mais alta for a temperatura da água, mais facilmente a gordura, o óleo e restos de comida irão soltar das louças e panelas. O bom é que você pode lavá-los dessa maneira sem nenhuma preocupação, pois não corre o risco de água a quente estragar ou causar manchas nas louças. Para que a limpeza seja mais caprichada, você até pode deixá-las de molho na água quente durante algum tempo. Fica a dica!

Para lavar as roupas, tudo depende do tecido

Quando se trata de lavar as roupas (blusas, shorts, calças, vestidos e peças íntimas), tudo depende do tipo de tecido do qual elas são feitas. Camisetas e roupas de algodão (em especial as brancas, que podem conter manchas mais difíceis de sair) podem ser lavadas com água quente tranquilamente. Mas lembre-se: nunca use água fervendo para não danificar as fibras do tecido! Você pode usar uma água levemente aquecida, que já funciona superbem. O mesmo serve para fronhas e lençóis, que também podem ser lavados com água quente para eliminar bem os germes e possíveis microrganismos.

Ao mesmo tempo, em alguns casos a água quente pode fazer com que a roupa libere tinta. Portanto, caso você sinta que o tecido está desbotando com o tempo, volte a lavar apenas com água fria. Por conta disso, inclusive, a água quente é mais indicada para a lavagem de peças brancas. Outra dica interessante é usar água quente apenas em algumas lavagens (como para fazer uma limpeza mais profunda de vez em quando).

Lave roupas mais delicadas (como as de seda e linho) com água fria

Com relação às roupas mais delicadas, como as feitas de seda, linho, lã e veludo, o ideal é que você as lave apenas com água fria. Isso porque elas possuem fibras mais delicadas e devem ser lavadas com maior cuidado. O mais indicado, inclusive, é que você nunca as coloque dentro da máquina - apenas lave à mão, para evitar que o tecido rasgue ou fique desgastado com o tempo. Já as peças jeans (calças, shorts, jaquetas etc.) podem ser lavadas na água morna, junto com os produtos indicados.

A maioria dos pisos e revestimentos deve ser lavada com água fria ou morna

Para lavar os pisos, azulejos e revestimentos de forma geral, o mais indicado é usar água fria e, em alguns casos, uma temperatura mais morna. No entanto, isso também vai depender muito do material com o qual você estiver lidando.

Para lavar pisos de cimento queimado (ou de concreto, geralmente no quintal de casa), por exemplo, você pode facilmente recorrer a uma água mais quente. Mas para lavar os de madeira, porcelanato e materiais mais delicados, o ideal é usar apenas um pano levemente umedecido com água fria. Assim, você não corre o risco de desbotar ou desgastar o material. Quando se trata de tirar manchas pontuais de carpetes, tapetes ou até mesmo sofás e poltronas estofadas, você até pode recorrer à água quente (junto com algum tira manchas) - mas aplicando de forma pontual, com a ajuda de uma esponja ou escova.

Vale lembrar que não é necessário usar uma quantidade grande de água para lavar os pisos da casa - sempre é possível fazer uma faxina sustentável, usando apenas os produtos e acessórios certos. Você pode usar borrifadores e até mesmo reaproveitar a água da máquina para lavar os pisos da varanda, por exemplo.

Matérias: Limpeza

Ver mais