Organização

7 coisas que você guarda, mas que deveria se livrar o quanto antes

Tente não guardar revistas e jornais velhos, porque eles apenas acumulam poeira
Tente não guardar revistas e jornais velhos, porque eles apenas acumulam poeira

Muita gente tem o hábito de guardar tralhas e itens desnecessários dentro de casa - são papéis, caixas e pertences que já não têm nenhuma utilidade, mas que as pessoas insistem em deixar guardado. Se esse é o seu caso, saiba que uma das melhores coisas que você pode fazer é desapegar de vez e se livrar de tudo que faz volume em casa. Para te ajudar, nós listamos 7 itens que podem (e devem) ser jogados fora o quanto antes. Confira!

1. Recibos antigos de compras

Sabe o recibo daquela compra que você costuma guardar na carteira? Na maioria das vezes, esses papéis só servem para fazer volume e gerar lixo. Ainda mais hoje, que muita gente já tem aplicativo de banco no celular e pode conferir os gastos de forma muito mais simples. Por isso, uma boa dica é abandonar essa mania de colecionar recibos em casa. Para conferir os gastos, basta acessar o aplicativo ou o site do seu banco.

2. Jornais e revistas velhos

Muitas pessoas têm o costume de guardar revistas e jornais antigos em algum lugar da casa. Só que esse hábito também não é muito indicado, pois você só acumula papel sem utilidade e ainda contribui para o acúmulo de poeira. Por isso, uma boa dica é fazer uma verdadeira limpeza e se livrar das revistas e jornais que ninguém mais lê. Se quiser pode até mandar para a reciclagem, para ser mais sustentável.

3. Alimentos (e outros itens) fora da validade

Tem gente que costuma colecionar (mesmo sem querer) alimentos vencidos na despensa. A verdade é que muitos itens ficam largados no armário e, assim, também esquecemos de verificar a sua validade. Uma boa dica para não acumular alimentos que já estragaram é fazer uma limpeza semanal (ou ao menos um dia antes das compras de mês) para descartar tudo que não serve mais. Essa lógica deve servir para outros itens, como medicamentos e produtos de limpeza. Portanto, fique sempre atento à validade para não guardar objetos à toa.

4. Plástico bolha

Sabe o plástico bolha que muitas lojas usam para enrolar objetos mais frágeis (eletrônicos, louças de vidro, cerâmica etc.)? Pois é, quando compramos esse tipo de item dá vontade de guardar o plástico que vem junto para aproveitá-lo depois. Mas a verdade é que, na maioria das vezes, os acumulamos à toa. Por isso, a nossa dica é descartar embalagens e caixas logo de cara (guarde apenas a nota fiscal e papéis que sejam importantes).

5. Contas e alguns documentos antigos

Fazer uma limpa nos documentos e na papelada de forma geral também é algo necessário. Muitas vezes, a gente acaba acumulando um monte de papéis desnecessários no escritório, como contas antigas e até mesmo documentos que não servem mais (como exame admissional de algum trabalho antigo). O ideal é que você esteja sempre organizando os papeis importantes em pastas e descartando aqueles que já não têm utilidade.

6. Meias sem par

Tem gente que vive guardando meia sem par no armário com a esperança de que a outra apareça. A verdade é que esse fenômeno de sumiço de meias é um dos maiores mistérios da casa - quando não guardamos os pares juntos, são grandes as chances de perder uma das peças. Para que você não fique acumulando meias à toa, uma boa dica é jogar fora aquelas que estão sem o par compatível há muito tempo. Faça uma limpa de verdade e desapegue!

7. Embalagens usadas de presente

Uma mania bem comum de vó é guardar embalagens de presentes (de natais, aniversários e outros eventos) para reaproveitá-las nos anos seguintes. Mas a verdade é que quase nunca elas são reutilizadas e só servem para ficar entulhando e acumulando poeira na casa. Por isso, o ideal é que você faça uma limpa e descarte todas as embalagens. Mas lembre-se de fazer a reciclagem dos papéis - separe os tipos de lixo e descarte-os de forma adequada. Se você faz parte da pequena parcela da população que realmente reaproveita essas embalagens é claro que não precisa jogá-las fora. A dica é focada para as pessoas que dizem que vão usá-las outra vez, mas nunca fazem isso.

Matérias: Organização

Ver mais