Economia do lar

4 aparelhos que consomem muita energia elétrica e que precisam ficar fora da tomada

Notebooks e computadores devem ser tirados da tomada após o uso para evitar o gasto excessivo de energia
Notebooks e computadores devem ser tirados da tomada após o uso para evitar o gasto excessivo de energia

Já parou para pensar que existem aparelhos que consomem muita energia elétrica - e por isso devem ficar fora da tomada? Mesmo quando desligados, alguns equipamentos costumam gastar bastante energia - por isso, o ideal é que você os deixe sempre desplugados. Aqui, nós listamos 4 aparelhos que podem aumentar a conta de luz quando deixados plugados nas tomadas. Confira e aprenda!

Televisão

Muita gente não sabe, mas o aparelho de televisão é um dos que mais consome energia. De acordo com dados da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), o consumo mensal de uma TV de 20 polegadas que fica constantemente no modo stand by é de 4,30 kWh. Em regra geral, quanto maior ela for, maior será o seu consumo. Por isso, uma boa dica é sempre tirar o monitor da tomada quando ele estiver fora de uso - é algo simples, mas que garante certa economia no fim do mês. Junto com a TV, outro aparelho que costuma gastar (mesmo quando desligado) é o console de videogame. Portanto, lembre-se também de desplugá-lo.

Computador

Muito usado em escritórios home office, o computador é outro equipamento que merece atenção. Um computador com um vídeo ligado pode consumir cerca de 0,12 kWh, de acordo com a Aneel. Se decidir desligar o vídeo, vai economizar 0,08 KWh, mas só por ele estar ligado o consumo vai existir, mesmo sendo menor. Com o tempo, esse gasto pode fazer diferença, mas o bom é que dá para evitar isso apenas tirando o aparelho da tomada. O mesmo serve para os notebooks, que também podem consumir energia quando ficam em modo stand by.

Aparelho de som

Os aparelhos de som também consomem bastante energia quando ficam ligados na tomada. No entanto, muitas pessoas hoje em dia nem têm mais esse tipo de aparelhagem em casa - caixas bluetooth, por exemplo, vêm sendo cada vez mais usadas. Mesmo assim, vale destacar que o aparelho de som faz parte do grupo de eletrodomésticos que mais consomem energia. Apenas por estar plugado na tomada, em standy by, o gasto é alto. A Aneel mostra que um mini system, por exemplo, tem um gasto médio de 3,6 kWh quando está nesse modo.

Micro-ondas

Apesar de ser um eletrodoméstico pequeno, o micro-ondas é aquele tipo de aparelho que deve ser sempre desplugado da tomada após o uso. Pode reparar que ele fica com um timer e uma luzinha acesa que também consomem energia. Dados da Aneel mostram que o seu consumo varia de 1,00 kWh a 1,50 kWh por hora - lembrando que esse valor se refere ao aparelho em funcionamento. Já no stand by, em um mês esse gasto é de 13,7 kWh.

Por isso, o ideal é desligar o aparelho após o uso - principalmente quando você vai fazer uma viagem ou ficar fora de casa por muito tempo. O mesmo serve para aparelhos pequenos de cozinha, como a cafeteira, que também deve ficar fora da tomada. Apenas a geladeira - que aliás é uma das maiores consumidoras de energia da casa - deve ficar direto na tomada, pois ela é responsável por congelar e armazenar diversos itens.

Obs.: Lembre-se também de não deixar carregadores, secador de cabelo e outros itens menores plugados direto na tomada. Quanto menor for a quantidade de itens ligados, menores serão os gastos com energia elétrica, pode apostar!

Como consumir e economizar de forma consciente

Tudo bem que tirar os aparelhos da tomada é a forma mais eficiente de resolver o problema e economizar energia, mas existem outras maneiras que nos permitem ter um consumo mais consciente. Que tal investir em um filtro de linha, por exemplo? Quando não estiver mais usando um aparelho é só desligar no botão, ao invés de tirar fio por fio da tomada. Digamos, por exemplo, que a TV da sala e o videogame estejam conectados nessa mesma tomada. Se não estiver ninguém usando é só botar no modo off que os dois aparelhos serão desconectados plenamente (isto é, sem stand by) ao mesmo tempo.

Outra dica interessante é ficar de olho na sua própria conta de luz. Alguma vez você já parou para ver qual é o seu gasto mensal? Os valores estão sempre em kWh, então saber quanto cada aparelho gasta ou economiza pode ser um baita incentivo para usá-los de forma mais eficiente. Por exemplo, será que você precisa descongelar a carne no micro-ondas? Com um pouco de planejamento dá para deixá-la algumas horas na geladeira, eletrodoméstico que está sempre ligado e cujo valor de consumo não vai mudar. Assim, você economiza no gasto do micro-ondas, que não é barato. A diferença pode ser pequena se for usá-lo apenas uma vez ou outra, mas, se isso for feito com frequência, em um mês o valor pode ser um pouco mais considerável. Para saber o cálculo certinho dos seus equipamentos vale a pena dar uma olhada nos dados fornecidos pela companhia de energia que atende a sua cidade. Assim, você tem o controle dos gastos e pode consumir de forma mais consciente.

Matérias: Economia do lar

Ver mais