Alimentação

15 motivos para você aprender a cozinhar já

Entre os motivos para começar a cozinhar em casa está aprender a criar as suas próprias combinações de alimentos
Entre os motivos para começar a cozinhar em casa está aprender a criar as suas próprias combinações de alimentos

A gente cresce ouvindo todo mundo falar sobre como é importante saber preparar a própria comida - mas, até uma certa idade, saber ou não cozinhar parece não fazer tanta diferença assim. Até que a fase adulta chega, a casa dos pais vira apenas programa para feriado e finais de semana, a lista de contas a pagar cresce, a saúde cobra e percebemos que viver apenas à base de congelados ou gastando em restaurantes não é - mesmo! - uma das melhores opções.

No entanto, como nem todo mundo tem afinidade com a arte de cozinhar, ainda pode rolar certa resistência a essa tarefa. Por isso, para te convencer de uma vez por todas sobre a importância de fazer a própria refeição, separamos 15 motivos que vão te fazer ver que sua mãe e sua avó estavam certas esse tempo todo.

1. Economizar dinheiro

A principal vantagem em fazer a própria comida tem a ver com o dinheiro - já que, ao preparar a refeição em casa, você gasta muito menos do que gastaria em um restaurante ou delivery, por exemplo. Isso porque é possível pesquisar preços e apostar em ingredientes mais baratos, aproveitar uma mesma receita para vários dias e, claro, se livrar da porcentagem do garçom. 

2. Saber a procedência dos alimentos que está preparando

Outro lado positivo de fazer a própria comida em casa é saber de onde vêm os alimentos que você está comendo - ou seja, se foram comprados realmente frescos, se estão na validade, se foram preparados em uma cozinha limpinha e por aí vai. Em restaurantes, por mais famosos que sejam, é difícil ter essas certezas que só quem faz a própria refeição tem.

3. Criar suas próprias combinações

Você já pensou em uma combinação superinusitada para alguma comida e não achou quem topasse fazer o experimento? Pois é, você vai ter essa chance ao aprender a preparar a própria refeição. O céu é o limite entre os ingredientes da cozinha, e por isso você está mais do que liberado apostar em misturas diferentes ou tentar aquela receita que todo mundo parece achar estranha demais para dar certo.

4. Não ficar dependendo de ninguém

Além de não precisar pedir a ninguém para testar suas ideias mirabolantes de comida, você também não vai precisar esperar alguém chegar cansado do trabalho  para preparar a janta, e muito menos implorar para que uma dessas pessoas não deixe de cozinhar para a semana para que você consiga dar aquela economizada e não gastar na rua. Pensando assim, dá até pra se perguntar por que você não começou a cozinhar antes, né?

5. Poder preparar um jantar todo especial para alguém que você goste

Não é conquistar pelo estômago, mas quem não gosta de agradar o crush, namorado ou namorada com um prato todo especial? Se a refeição vier acompanhada de um jantar todo romântico, então, melhor ainda! Mas isso vale também para outras pessoas que você goste, como alguém da família ou um amigo. Afinal, essa é uma ótima forma de agradecer alguém por estar sempre ao seu lado nos momentos difíceis. Além do que, por mais que dê para recorrer a comidas prontas, nada supera o fato de chegar em casa e descobrir que alguém cozinhou algo especialmente para ela.

6. Não passar perrengue quando bater a fome do nada

Imagine a seguinte cena: depois de passar horas na correria você chegou em casa cheio de fome, abriu a geladeira pensando em encontrar a carne assada do almoço e... Nada! Só ingredientes esperando para serem preparados mesmo, algo que você não sabe fazer. E não tem nem como pedir ajuda a outra pessoa, porque, pelo horário, não tem ninguém em casa ou todo mundo já está deitado.

Uma situação assim dispensa comentários - mas fica a dica: ao saber cozinhar a própria comida, você não vai precisar passar por isso e dormir com fome. Ok, o congelado também pode ajudar, mas recorrer a ele todos os dias se torna meio cansativo, não?

7. Passar a comer melhor

Ao passar a conhecer os ingredientes que usa para preparar a sua comida e pesquisar receitas, automaticamente, vai começar a saber sobre os benefícios e malefícios de cada um. Por isso, é muito provável que seus hábitos alimentares também mudem e você passe a apostar em opções mais saudáveis e nutritivas. Não que dar uma escapadinha de vez em quando seja ruim, porque o problema é o exagero, mas ela vai se tornar a exceção, e não a regra.

8. Poder ficar orgulhoso ao terminar uma receita 

Não tem nada melhor que fazer algo sozinho e ver que deu tudo certo. E essa sensação, acredite, você vai ter direto quando começar a preparar a própria comida e ouvir os elogios de seus familiares e amigos depois que eles experimentarem a sua iguaria. É o famoso "orgulho define"!

9. Poder preparar a marmita do trabalho

O vale refeição acabou e você não quer gastar muito dinheiro com comida? É só preparar a sua em casa e levar uma marmita para o trabalho! Acredite: fazer compras no mercado é muito mais em conta que comer no restaurante. Por isso, pode ter certeza que o seu bolso agradece!

10. Dar adeus à comida congelada quando não tiver nada pronto em casa

Escolheu a comida congelada ou instantânea por estar sozinho em casa e não ter quem cozinhe para você? Essa vida não te pertence mais! Agora ela fica restritas aos momentos em que você estiver na correria e não tiver mesmo como tirar um tempo do seu dia para cozinhar. Afinal, elas podem até ser práticas e gostosas, mas a nossa comida sempre tem um sabor diferente.

11. Poder trocar dicas de receita com outras pessoas da família

Além de ficar cheia de orgulho pela sua nova fase, sua família também vai adorar compartilhar receitinhas com você e certamente alguma tia vai querer aprender com suas descobertas na cozinha. Já imaginou todo mundo junto compartilhando receitas quando vocês reunirem todo mundo em um encontro de domingo? Vai ser desse jeito, principalmente no início. Já se prepare!

12. Poder fazer a sobremesa dos seus sonhos

Quando pegar mais intimidade na cozinha, você já vai ter habilidade para fazer uma sobremesa toda especial para dar aquele toque doce depois das refeições. Seja um mousse simples ou um bolo elaborado o céu é o limite! A sobremesa dos seus sonhos só vai depender da sua disposição, e quanto mais você pegar gosto pela cozinha maior ela será.

13. Fazer social com amigos sem sair de casa ou depender do delivery

O fim do mês chegou, quase todo o seu grupo de amigos está sem dinheiro, mas vocês querem muito marcar um encontro para rirem juntos e colocar o papo em dia? É só chamar todo mundo para sua casa e preparar uma comidinha gostosa com o que tem na geladeira! Assim vocês podem se divertir sem gastar demais. Inclusive, se mais alguém do grupo souber cozinhar dá até para dar uma revezada na função para ninguém ficar sobrecarregado.

14. Ficar livre de comentários do tipo 'como assim você não sabe fazer nem arroz?'

Não tem nada pior que soltar em uma roda de novos conhecidos que você não sabe cozinhar e ver várias pessoas espantadas com a sua falta de habilidade. É claro que ninguém é obrigado a fazer nada e não tem porque ter vergonha disso - mas não dá para negar que é incômodo. Por isso, mais um motivo para te incentivar nessa missão é o fato de saber que vai ficar livre desses comentários. Afinal, sua nova resposta vai ser "sim, não apenas sei fazer arroz como também mando muito bem na cozinha". Dá até pra encher o peito de orgulho, né?

15. Passar a evitar o desperdício

Além do fato de passar a se alimentar melhor, você também vai ter uma relação mais próxima com a comida quando passar a cozinhar. É que, ao fazer a própria refeição, é normal valorizar mais cada ingrediente e evitar o desperdício por saber quanto custou cada um e como foi trabalhoso terminar determinado prato. 

Matérias: Alimentação

Ver mais